Análise: Sword Legacy Omen

Sword Legacy Omen é um RPG por turnos surpreendentemente competente com fantástica arte 2D e uma apresentação elegante que apesar de não ser perfeito merece algum respeito uma vez que consegue níveis de qualidade bastante elevados nas suas principais componentes. A história é baseada na lenda do Rei Arthur mas acontece bem antes de este […]

LER MAIS
Análise: Narcosis

Uma sensação de perigo, mística e separação faz das profundezas dos mares um cenário privilegiado para um jogo de terror no qual poucos parecem inspiriar mas é aí que narcosis, um híbrido de simulador de horror ambulantevai buscar o seu material de terror e tenta realizar esse potencial, mas acaba por nunca conseguir chegar ao […]

LER MAIS
Análise: Unavowed

A Wadjet Eye é a maior responsável por manter o género de aventura point and click vivo. Da mesma forma que a TellTale conseguiu tornar popular o género fazendo algumas cedencias, antes do seu infeliz desfecho que deixou muitos jogadores sem poderem ver o final de bons jogos. Unavowed é o produto de quatro anos […]

LER MAIS
Análise: Dungeon Girl

Quando um jogo consiste em clicar em grupos de blocos da mesma cor para removê-los, e outros blocos caem não seria de esperar que a simplicidade fosse transversal mas tudo o resto é de uma complexidade ridicula especialmente porque nada no jogo é explicado ao jogador e quando é nunca de forma eficaz. No fundo […]

LER MAIS
Análise: Ninjin: Clash of Carrots

Ninjin: Clash of Carrots é um beat’n’up de animação do desenvolvedor Pocket Trap. O jogo tem momentos de diversão mas é também assombrado por mecânicas frustrantes e uma quantidade surpreendente de dificuldade excessiva e flutuante.Um playthrough de Ninjin consiste em mundos e níveis. Os níveis coloridos vão da esquerda para a direita no estilo visual […]

LER MAIS
Análise: The Mooseman

The Mooseman faz uso de puzzles e visuais impressionantes para contar uma história mitologica de estilo animal das tribos da Rússia, mas fica aquém em proporcionar uma jogabilidade impactante. Olhando para The Mooseman a vontade que tinha era de conseguir adorar o jogo, mas quando começamos a jogar a experiência acaba por se perder graças […]

LER MAIS
Análise: Higurashi: When They Cry Kai Chapter 6

Higurashi é uma saga que gira em torno de Hinamizawa, uma misteriosa vila japonesa com origens sombrias que é um antro para atividades sobrenaturais e suspeitas que são gradualmente reveladas. Com cada jogo da série é um cenário único que segue os mesmos eventos gerais, personagens, mas com pontos de vista e protagonistas mudam com […]

LER MAIS
Análise: City of the Shroud

City of the Shroud não é um jogo que eu tenha gostado. Resumidamente é o que posso dizer. O jogo resume-se a caixas de texto, muitas caixas de texto, tantas que quase parece uma visual novel digital em que o jogador passa a maior parte do tempo a ler textos, em vez de em combates. […]

LER MAIS
Análise: Holy Potatoes! A Weapon Shop?!

Lançado pela Rising Star Games e desenvolvido pela Daylight Studios, Holy Potatoes! A Weapon Shop?! é o primeiro de uma trilogia para a Nintendo Switch que foi  lançada há alguns anos para PC e dispositivos móveis e é um jogo de simulação onde o jogador gere a sua própria loja de armas enquanto expande os […]

LER MAIS
Análise: Golem

Golem é um jogo que puzzles que consegue contar uma pequena e adorável história sem sequer nos chatear com cutscenes ou diálogos. Uma jovem foi encarregada de recolher água para sua aldeia porque uma seca atacava a sua a terra há muito tempo e a água é uma mercadoria rara, encontrada apenas em algumas poças […]

LER MAIS