Análise: Mini Motor Racing EVO

A partir do momento que começam a primeira corrida, vão começar a perceber os problemas deste jogo. Não é um daqueles jogos que esconde os seus defeitos na esperança que ninguém os note à primeira vista . Mini Motor Racing EVO trata o jogador mal, mostrando curvas que o enganam e que acabam com o carro bater contra cantos escondidos ou sair disparado para fora da pista porque usou o turbo naquilo que parecia uma recta.

Mas há algo estranhamente convincente quando se consegue dominar os controlos do jogo. Há tantas nuances peculiares em comparação com outros jogos do género que dão a este jogo um pouco de mistica. Por exemplo, se conseguirem acertar em praticamente tudo, ou raspar a lateral do carro numa curva o carro perde bastante velocidade podendo até ficar praticamente parado. Isto força-nos a jogar Mini Motor Racing EVO melhor do que este merece, mas quando conseguimos fazer uma volta perfeita sentimo-nos como se tivesses derrotado um verdadeiro boss.

ss_2d312ed069de358b65a0094d0c7e54bf6fbd9084.1920x1080

Se acertarem num obstáculo pelo caminho, como um pneu ou um cone, vão diminuir de velocidade ou até mesmo virar para fora da pista. Bater nos outros pilotos é ainda pior e somos praticamente arrastados para o final da corrida. Os controlos podem ser realmente um pouco insuportáveis. A vasta seleção de mapas oferece centenas de diferentes pistas para escolher, além de um editor de níveis e suporte Steam Workshop, ou seja, vai ser possível fazer o download de novas pistas para sempre, ou pelo menos teoricamente. Infelizmente como todos sabemos estes conteúdos são normalmente bastante fracos.

À medida de vão ganhando corridas no jogo, vão receber dinheiro que pode ser usado para comprar upgrades para o vosso carro. É um sistema com algumas falhas, não porque faça nada de realmente diferente dos outros jogos mas porque é muito desequilibrado. Numa corrida estão a dominar completamente e na seguinte a ser humilhados. Infelizmente os upgrades nem sempre compensam esta diferença na dificuldade e é essa a sua principal falha. O jogo também tenta prolongar artificialmente a experiência, aumentando o número de voltas em níveis mais avançados, o que é extremamente irritante. Não há realmente nenhuma razão para isso, uma vez que já existem centenas de pistas para vencer em primeiro lugar.

 

Tiago Roque

Leave A Comment