Análise: Yoshi’s New Island

Desenvolvido pelo novo estúdio Arzest esta sequela 3DS não traz nada de novo ao fãs da Nintendo e muito menos a quem jogou o clássico jogo da popular personagem da Nintendo. Sem fazer nada de extraordinário pouco mais há do que chegar ao fim de cada nível colorido . Enquanto apenas completar cada nível , muitas vezes pode ser um assunto muito fácil e breve , encontrar todos os segredos pode ajudar a tornar o jogo uma melhor experiencia.

Como qualquer veterano de qualquer Yoshi  vai saber , disparar num irá digeri-lo e dar-nos uma recompensa , que varia de algumas moedas até outras bem mais interessantes. Tomando o tempo para coletar todas as moedas e girassol, ou para descobrir esses caminhos secretos é completamente opcional , mas também uma das partes mais agradáveis ​​de Yoshi’s New Island. O problema nos níveis de Yoshi’s New Island é a falta de originalidade.

2609126-3378058944-3DS_Y

 

Tudo é muito bom e competente, mas é também previsível não existindo nada que me tenha surpreendido.  A dificuldade do jogo é também bastante inferior ao que muitos gostariam. Todo o jogo não apresenta grande desafio. As estrelas que o jogador recolhe ao longo de cada nível equivale a quanto tempo lhe resta para recuperar a criança flutuando , e não é até que seu contador chegar a zero que é levada para longe e perdemos uma vida, o que torna tudo bastante simples. Se calcularem mal um salto , no entanto, o jogo não é tão generoso.  Os checkpoints não são muito frequentes, mas raramente temos que regressar a um graças à baixa dificuldade.

As duas novidades não ajudam a tornar o jogo mais inovador. A capacidade de transformar um Shy Guy 3D gigante ou em um ovo de ridiculamente grandes dimensões e destruir grande parte do ambiente é extremamente gratificante mas não é uma novidade que dure todo o jogo. A outra grande novidade em Yoshi’s New Island é a inclusão dos mini-jogo. Estes níveis que usam o giroscópio são uma distração divertida, e são uma reminiscência de Donkey Kong de NintendoLand .

A sua inclusão é bem-vinda e , ao mesmo tempo simples , estas seções pequenas agradáveis ​​ajudam a adicionar um pouco de variedade entre os níveis de plataformas clássicos.

 

Tiago Roque

Leave A Comment