Análise: Out of the Park Baseball 19

Out of the Park Baseball está de volta e desta vez consigo um modo de jogo 3D melhorado com jogadores animados, modelos de estádio melhorados e uma nova interface de jogo. Esta é de longe a alteração mais notável na edição deste ano e melhorou realmente a experiência do jogo. Existem algumas peculiaridades no sistema actualmente mas esses problemas devem ser corrigidos em futuros patches. Alguns desses podem dar-nos uma ideia errada da qualidade dos jogadores, mas é claramente apenas um problema com as animações, não com a simulação.  A interface foi também melhorada e foram adicionadas três novas skins e seis fontes diferentes.

Os novos relatórios de Scouting foram completamente reescritos e o sistema de classificação é simplificado, sendo muito mais simples agora de analisar jogadores. A IA  é agora ultra-realista com melhor manuseio de jogadores, dando uma nova dimensão de realismo ao jogo. Foram ainda adicionados dois novos recursos de torneio a Out of the Park Baseball 19, com a capacidade de criar um suporte autónomo e a opção de incluir qualquer equipa na história do baseball num torneio.

Agora, mesmo que o jogador seja o gerente geral de uma equipa este tem a chance de votar para todos os prémios de final de temporada. Esta é um melhoramento que irá significar pouco para a maioria dos jogadores. Juntamente com esta melhoria menor vêm também o ecrã inicial do gerenciador personalizável, 800 novos logótipos de equipe fictícios e pequenas melhorias no sistema de moral.

No fundo tudo ou quase tudo que está presente este ano já estava no ano anterior. Tal como jogos como FIFA têm pouco por onde evoluir por estarem tão perto da perfeição, Out of the Park Baseball está neste momento num patamar tão alto no seu género que dificilmente se justifica uma versão anual e os jogadores podem e devem também intercalar as suas compras pelo menos de dois em dois anos. Existem aqui melhorias sim, mas são curtas e para a maioria dos jogadores dificilmente justificam o investimento.

Tiago Roque

Leave A Comment