Análise: Doraemon: Story of Seasons

Doraemon é uma das personagens mais conhecidas do mundo anime e a sua longevidade é tanta que há gerações que podem partilhar essa experiência de infância, especialmente porque além do manga o anime tem recebido várias séries ao longo dos anos. Devem ser poucos aqueles que nunca ouviram falar de Doraemon e Nobita e os seus amigos. A longevidade e popularidade de Doraemon também tornou quase impossível que nunca tivesse chegado ao mundo dos videojogos e a verdade é que são dezenas de jogos baseados nestas personagens, sendo o último a chegar até nós este Doraemon: Story of Seasons. Desta vez Doraemon chega num formato diferente, num RPG de simulação de agricultura ao bom estilo de Harvest Moon e semelhantes.

Dado que as personagens de Doraemon são simplesmente adoráveis, especialmente Doraemon, este acaba por ser um jogo extremamente charmoso. Para aqueles que nunca ouviram falar de Doraemon, ele é um robot gato enviado no tempo para ajudar um menino chamado Nobi. Desde 1969 que Nobi e Doraemon têm aventuras que normalmente envolvem Doraemon a apresentar um novo gadget retirado do seu bolso sem fundo a Nobi e ele estragar tudo ao abusar do dispositivo de alguma forma, normalmente para tentar impressionar a Shizuka. Doraemon: Story of Seasons não segue esta estrutura tão habitual do anime, sendo um conto mais fantástico ainda com as personagens a serem sugadas para um outro mundo.

Na maior parte, a jogabilidade é bastante simples e fácil, com a história girando em torno de Nobita e os seus amigos desenvolvendo a cidade que encontram neste novo lugar para onde são arrastados e a procurar todos os gadgets de Doraemon para poderem voltar para casa. Aqui nós temos um terreno, uma quinta e basicamente precisamos de cuidar de tudo o que uma quinta normalmente precisa. Acreditem quando digo que este jogo poderia ser facilmente um produto novo, uma nova IP ou até um novo Harvest Moon sem que isso tivesse grande impacto no jogo em si, mas as personagens tornam o jogo bem mais interessante e adorável. Existem muitas atividades que são bastante fofas, que vão desde a criação de animais, a pesca, trabalho em minas, cultivo de vegetais e muito mais.  Doraemon carece de algumas das características mais proeminentes do gênero “farming simulator” e que normalmente encontramos em jogos como Harvest Moon. Desculpem usar sempre a mesma comparação mas é realmente o jogo que mais se assemelha a Doraemon: Story of Seasons. Isto não quer dizer que não ofereça uma experiência igualmente interessante já que tem outros elementos que esses jogos carecem.

 

Doraemon: Story of Seasons não faz muito para mudar a fórmula de Harvest Moon e podemos até dizer que parece um mod com o aspeto de um jogo de Doraemon. As coisas começam também a tornar-se aborrecidas porque ocupamos muito tempo para construir as ferramentas que aceleram as secções de agricultura. Doraemon também não possui algumas coisa que são comuns a praticamente todos os jogos em que essas coisas são úteis. Por exemplo, Doraemon: Story of Seasons não possui um minimapa durante a navegação pelas áreas, baseando-se apenas no facto de visitar-mos tanto as zonas que as decoramos, um pouco como acontece em Stardew Valley. A interação com as outras personagens de Doraemon também se torna irrelevante à medida que avançamos no jogo já que nenhuma delas tem realmente muito para nos dizer e começa a repetir as falas.

Visualmente Doraemon: Story of Seasons é incrivelmente bonito, com uma aparência de aguarela colorida que apesar de perder um pouco da ligação anime do jogo faz o jogo parecer colorido e relaxante. A maioria dos locais também são bem detalhados, incluindo o ciclo diurno e noturno e o jogo também tem um ótimo desempenho, com toda a experiência a ser realmente estável. A música do jogo também é relaxante e liga na perfeição com o visual do jogo e torna a agricultura uma experiência agradável. Infelizmente o jogo não tem vozes, algo que pode realmente ser uma desilusão para os fãs.

Doraemon: Story of Seasons é uma agradável surpresa mesmo que não seja um jogo inovador. Não é um jogo que faça nada diferente e é muito semelhante aos jogos que o inspiraram, mas Doraemon e amigos são personagens adoráveis e que funciona na perfeição neste género.

Tiago Roque

Leave A Comment