Antevisão: Forge and Fight

Forge and Fight é um jogo de ação multijogador online onde a customização da arma é o ponto fundamental. O jogo encontra-se neste momento em Early Access na Steam e basicamente sofre do mesmo problema que uma grante fatia dos jogos apenas para multijogador neste momento, ou seja, com a excepção de grandes lançamentos de editoras AAA e ocasionais lançamentos populares como Among Us, Forge and Fight praticamente não tem jogadores humanos neste momento. Felizmente Forge and Fight ao contrário de muitos jogos recentes tem pelo menos bots, o que é ótimo porque podemos pelo menos ter uma ideia do que seria jogar Forge and Fight e apesar dos bots serem basicamente burros que nem uma porta, o jogo em si tem bastante potencial ainda que precise de muito trabalho.

Desenvolvido pela Flamebait Games, Forge and Fight é um brawler multiplayer online ridículo em muitos aspetos. O jogo procura a diversão acima de tudo e consegue-o na maioria das vezes. Existem alguns modos à nossa disposição como Last Team Standing e Push the Cart ou Capture the Zone, cada um basicamente a ser igual ao que conhecemos dos modos. Last Team Standing coloca duas equipas frente a frente e ganha a equipa do último jogador vivo, Push the Cart é muito familiar para os jogadores de Team Fortress 2 e coloca uma equipa a arrastar um carro através do mapa e a outra a tentar impedir que a outra chegue ao objectivo e por fim Capture the Zone coloca duas equipas a tentarem capturar e manter zonas do mapa. Infelizmente dada a falta de jogadores temos que jogar praticamente sempre contra bots que não são muito inteligentes.

Seja qual for o modo, o jogador ganha pontos de experiência  após vencer uma batalha online, permitindo que este personalize a aparência da sua personagem através da loja do jogo. Neste momento o jogo é pago pelo que não há qualquer aspeto pay to win no jogo, no entanto este jogo funcionaria na perfeição num modelo F2P e dada a falta de jogadores neste momento não vejo no futuro nada que não seja um relançamento do jogo nesse formato. Novamente, isto não diz nada sobre a qualidade do jogo, simplesmente a maioria dos jogos do género são gratuitos e os jogadores não irão apostar num jogo pago sem jogadores, mas se for gratuito talvez.

No que toca à jogabilidade, o movimento das personagens é um pouco estranho precisando de um pouco mais de velocidade. É algo que poderia ser otimizado rapidamente pela equipe de desenvolvimento e traria maior dinâmica ao jogo. Além de podermos equipar lâminas e pesos à nossa arma podemos adicionar também armas de fogo. Estas no entanto não têm mira quando as disparamos mas sinceramente acho que funciona bem no jogo já que a arma em si é tão ridicula que dificilmente seria possível apontar com ela. Entre cada ronda iremos ganhar mais itens para adicionar à arma e ao fim de algumas rondas acho que nem seria sequer humanamente possível pegar numa destas armas, que por esta altura tem já 4 ou 5  metros de comprimento e deverá pesar mais de 100 kg.

Além deste modos pode jogar o modo sandbox que permite construir uma arma sem limitações. Neste modo de jogo, podemos testar novas criações e ver o potêncial destrutivo da nossa imaginação, algo que nem sempre podemos fazer a jogar nos restantes modos porque há sempre um factor sorte nos itens que nos calham. Um grande investimento de tempo foi gasto na otimização do aspecto de customização da arma do jogo e é pena que o restante combate não acompanhe a qualidade deste elemento. Por vezes ficamos entusiasmados com a arma que criámos e resultado jogável acaba por ficar aquém do espera.

Os desenvolvedores do Forge and Fight! optei por uma sensação de desenho animado para o jogo, sou um grande fã de sua arte de pôster e gostaria idealmente de ver isso replicado dentro do próprio jogo, no entanto, agora não é o caso. Os desenvolvedores passaram por uma evolução do jogo para trazer os personagens até onde estão hoje, no entanto, se o objetivo final é replicar a arte, eles ainda não chegaram lá. Visualmente não é o jogo mais impressionante que já joguei mas é bastante competente e o audio também completa bem a apresentação. Tem um aspeto cartoon que funciona realmente bem com a temática divertida da jogabilidade.

Forge and Fight é um jogo ótimo para curtas sessões de jogo, mas a falta de jogadores deixa-me pouco entusiasmado com o seu futuro. Se fosse um jogo gratuito teria todo o gosto em recomendar Forge and Fight a todos os jogadores, mas torna-se difícil fazê-lo quando se corre o risco de gastar 16.99€ para ficar a jogar contra bots para a eternidade.

Tiago Roque

Leave A Comment