Análise: The Persistence: Enhanced

O problema dos constantes lançamentos de versões melhoradas é que nos últimos tempos temos visto cada vez mais lançamentos de versões melhoradas pouco tempo depois do lançamento original. Além de isto tornar pouco justificável uma nova compra para quem comprou o jogo há pouco tempo, as melhorias não costumam ser muitas.

The Persistance é um jogo VR lançado para o PlayStation VR na altura do seu lançamento. É um jogo de sobrevivência de terror em ambiente sci-fi e que apesar de não ter vendido aquilo que efetivamente merecia, a sua qualidade nunca foi colocada em causa. A bordo de uma nave abandonada e dominada pela antiga tripulação que sofre agora de mutações, o jogador é trazido de volta à vida pela IA da nave para que este tente recuperar os sistemas e dessa forma impedir que a nave caia num buraco negro.

O jogador não é um herói especial, é apenas um corpo que a IA “imprime” em série, o que por si é a explicação para as mecânicas do jogo, que envolvem além de outras coisas, morrer e morrer e morrer. Na base de The Persistence está um roguelike, pelo que existe muita repetição e pouca progressão permanente, mas existe alguma, normalmente na forma de arrancar células estaminais à força dos inimigos. A jogabilidade é realmente boa e a forma como a narrativa se mistura com os sistemas da jogabilidade é sem dúvida interessante e inteligente.

Como qualquer roguelike, a maioria dos níveis são gerados processualmente, mas existem momentos centrais do jogo e esses são criados manualmente. Estes momentos decorrem normalmente no final de cada andar da nave e apesar de os níveis aleatórios serem bons, estes momentos são sem dúvida melhores, mais trabalhados e também mais assustadores. A progressão é feita lentamente, mas nunca senti que perdi uma hora a jogar para nada, algo que acontece no género mas felizmente não senti aqui.

Visualmente o jogo tira partido das capacidades da PlayStation 5 e com a Sony a trabalhar numa nova versão do PlayStation VR é apenas uma questão de tempo até The Persistence: Enhanced se tornar um dos melhores e mais assustadores jogos VR desse novo dispositivo. Infelizmente as raizes VR do jogo fazem com que fora desse ambiente alguns pormenores da jogabilidade façam menos sentido. Não é algo que prejudique muito o jogo, mas é algo que facilmente notamos.

Tiago Roque

Leave A Comment