Análise: Ghosts and Apples

Ghosts and Apples é um novo jogo de puzzles sobre combinar cores que nos chega através da 7 Raven Studios. É um jogo que nos obriga a pensar de forma estratégica, a puxar pela memória e a ter uma excelente coordenação. O jogo é essencialmente sobre uma casa cheia de magia e o jogo tem um estilo visual desenhado à mão que é fantástico. A história começa ao chegar à casa e é recheada de reviravoltas bizarras.

Depois de uma série de reviravoltas chegamos ao nosso objetivo no jogo, apanhar fantasmas para os transformar em maçãs enquanto atravessamos a casa do jogo que serve como palco a toda a ação. Mas a tarefa não é tão simples como parece e para chegarmos ao fim vamos ter de ultrapassar vários puzzles e descobrir os mistérios da casa.

Como talvez já tenham percebido pelo primeiro parágrafo, os visuais do jogo são realmente bonitos, especialmente porque são desenhados à mão e as animações são bastante cómicas. Também a banda sonora é realmente boa e alguns efeitos sonoros chegam a causar alguns leves sustos.

Jogos de combinar cores e formas são às centenas, especialmente na loja da Google e Apple e, mas Ghosts and Apples consegue distinguir-se da concorrência. A história é bem contada e a jogabilidade em si consegue ser bastante fácil de aprender mas ao mesmo tempo oferece um desafio justo ao longo do jogo, com a dificuldade a aumentar e o ritmo também à medida que avançamos.

Sem nunca se tornar realmente frustrante, Ghosts and Apples consegue desafiar o jogador e surpreendentemente consegue atingir muito com uma premissa e jogabilidade tão limitadas. Mover fantasmas começa por ser uma tarefa muito fácil, mas pouco tempo depois já nem nos lembramos do fácil que tudo parecia ser.

Ghosts and Apples consegue aguentar o jogador do início ao fim com a sua arte e história sobretudo. A jogabilidade em si começa a perder a sua magia com o tempo. Acho que é algo que acontece com frequência no género e os criadores ao saberem disso penso que conseguiram encontrar outras formas de manter o jogador interessado ao tudo que rodeia a jogabilidade. É um jogo simples mas que os amantes do género irão gostar.

Tiago Roque

Leave A Comment