Análise: Happy’s Humble Burger Farm

A tinyBuild tem-se tornado perita em lançar jogos estranhos, não que todos os seus jogos o sejam mas basta pensarmos em Hello Neighbor e todos os jogos associados. Não sei se é o estilo visual ou outro qualquer elemento mas consigo encontrar algumas semelhanças entre esse que é talvez o maior sucesso da tinyBuild e este novo Happy’s Humble Burger Farm, que pelo nome pode parecer outra coisa qualquer mas é na verdade um stressante jogo de terror.

Happy’s Humble Burger Farm é um daqueles jogos em que temos de pensar, “o que é que os criadores disto andam a fumar?”. É tecnicamente uma sequela de Happy’s Humble Burger Barn, uma pequena experiência gratuita para windows que podem experimentar fazendo o download diretamente no website oficial. O jogo começa como um simulador de fast-food onde temos de atender os clientes e fazer uma série de outras tarefas. Começamos com um pequeno tutorial que inclui também os ingredientes dos hamburgers. Além de ficarmos a conhecer a jogabilidade, também somos introduzidos ao absurdo de tudo no jogo.

Depois de terminarmos o tutorial, acordamos no apartamento da nossa personagem. Depois disso temos de ir trabalhar. mas para chegar lá temos de passar pela New Elysian City. A cidade em si não é enorme, mas é aqui que passamos a maior parte do tempo. Seguindo pela cidade podemos encontrar um ou dois NPCs, mas não há interações com eles. Depois de chegar ao restaurante tudo prossegue como normal, temos de deixar o restaurante pronto para os clientes e registrar a entrada antes do início do seu turno.

Tudo neste jogo é estranho, mesmo estes NPCs com quem não podemos interagir ou o nosso companheiro de cozinha. Podemos encontrar Toe no seu complexo de apartamentos e às vezes nas ruas da cidade e sobretudo no trabalho. Embora a aparência geral do jogo seja assustadora, o primeiro turno no trabalho é relativamente tranquilo, mas esse é só o primeiro de muitos e os seguintes são menos pacíficos. Alguns dias depois temos de servir todo o tipo de coisas desde vários tipos de hambúrgueres, batatas fritas, batidos e cachorros-quentes. Temos de cozinhar e servir a comida enquanto evitamos vários tipos de eventos aleatórios e temos de cumprir um limite de tempo. Tudo tem um cronómetro e várias coisas acontecem ao mesmo tempo e ainda temos de nos preocupar com vários tipos de criaturas estranhas.

Existe um gremlin que entra e apaga as luzes ou desliga os electrodomésticos e torna o nosso trabalho ainda mais difícil. Existem também figuras sombrias que explodem se chegarmos muito perto. Apesar de ser uma experiência já intensa existe ainda outro problema. Se sofrermos três infrações, a amigável mascote da vaca torna-se num verdadeiro demónio bovino que nos caça a não ser que o possamos alimentar com os seus hambúrgueres.

Depois disto podemos continuar a explorar New Elysian City. Iremos ter acesso a mais áreas conforme avançamos no jogo. A exploração da cidade consegue até ser um dos melhores aspetos do jogo. Aqui existem muitos segredos para descobrir mas também lojas úteis onde podemos comprar alguns itens, desde cosméticos até alguns bastante úteis na parte final do jogo.

Happy’s Humble Burger Farm não é um jogo para todos. É um jogo indicado para fãs de terror e de experiências estranhas acima de tudo. Os visuais de inspiração retro não irão também agradar a todos, apesar de serem perfeitos no jogo em si.

Tiago Roque

Leave A Comment