League of Legends – Análise Nami

Ser support é normalmente uma posição ingrata. Primeiro porque o support é normalmente o que fica para ultimo, num jogo normal ninguém diz logo de inicio que quer ser support a não ser que vá com um amigo, acabando o support por ser simplesmente o ultimo a conseguir escrever para onde quer ir. Depois porque […]

LER MAIS
Análise Disgaea 4: A Promise Unforgotten

Netherworld pode ser um lugar bastante difícil. O Overlord é normalmente governado por uma criança e com demónios a correr livremente não é um sitio que eu recomendaria a um humano. A história gira em torno de um instrutor de Prinnys vampiro chamado Valvatorez e seu assistente lobisomem, Fenrich. Valvatorez deixou de beber sangue e agora come […]

LER MAIS
Análise LittleBigPlanet Karting

O Sackboy tornou-se já numa das principais imagens da Sony esta geração, ganhando até o privilegio de marcas presença em PlayStation All-Stars e a sua criadora juntamente com a Sony têm trabalhado bem em fazer render a licença, com pelo menos uma versão do jogo a marcar presença nas consolas actuais. Karting é o primeiro […]

LER MAIS
Análise: F1 Race Stars

F1 Race Stars foi desenvolvido pelo pessoal da Codemasters Racing, que tende a conhecer praticamente tudo quando se trata de fazer jogos de corrida. A série F1 trouxe-nos excelentes jogos e F1 Race Stars também está longe de ser mau. Longe do realismo de F1, Race Stars consegue na mesma oferecer muitos elementos característicos da modalidade. Apenas […]

LER MAIS
Análise Chronovolt

Como parte da oferta PlayStation Plus para o PlayStation Vita, que acabou de estrear à relativamente pouco tempo, Chronovolt recebeu muita cobertura no pré-lançamento. Depois do primeiro trailer nunca mais me saiu da cabeça que Chronovolt é uma evolução de Kula Word, um clássico super raro da primeira PlayStation que me fez perder horas. Infelizmente, Chronovolt […]

LER MAIS
Análise Mass Effect 3

É um pouco estranho chegar à conclusão que já passaram quase 5 anos desde que nos foi dada a oportunidade de nos aventurarmos no profundo universo de Mass Effect. Um pouco mais estranho é chegar à conclusão que jogadores que possuem apenas a plataforma PS3 apenas puderam entrar nesta há 3 anos. Por muito que […]

LER MAIS
Análise Sugar Cube: Bittersweet Factory

Os puzzles são algo que funciona em praticamente todos os géneros, mas em jogos em que o principal objectivo é saltar entre plataformas e evitar obstáculos, os puzzles trazem uma camada de complexidade adicional que faz destes jogos o sucesso que são. Os puzzles vêm em vários formatos, cada um com pontos fortes e fracos […]

LER MAIS
Análise: Sports Champions 2

Sports Champions 2 oferece seis desportos: boxe, ténis  golfe, bowling, Ski e tiro com arco. Pela lista de desportos não se pode deixar de relembrar Wii Sports, não há nada de novo neste aspecto.Mas a pobre escolha e diversidade de desportos não implica que a jogabilidade seja afectada pela mesma falta de criatividade, é até o […]

LER MAIS
Análise Pid

Os melhores jogos indie dos últimos anos – como Limbo e Super Meat Boy – foram marcados por castigar qualquer erro. Levar apenas um hit é game over. Estes foram também infinitamente criativos, constantemente testando jogadores com novos ângulos sobre os desafios anteriores e surpresas na jogabilidade. Agora Pid, procura reproduzir essa fórmula vencedora que […]

LER MAIS
Análise Ratchet & Clank: Q-Force

A diferença aqui é a inclusão de elementos dos jogos Tower Defense. Cada nível possui uma base Q-Force, mas há mais para fazer do que ficar sentado à espera que o inimigo venha até nós. O universo Ratchet & Clank funciona bem neste moldes: as arma e torres são diversificadas e prometem divertimento, enquanto os vários […]

LER MAIS