Análise: RiftStar Raiders

RiftStar Raiders é um shooter top-down da Climax Studios que combina um estilo incrivelmente belo, combinando um primeiro plano em 3D e fundos 3D dinâmicos. Além destes elementos existe ainda uma banda sonora sutil que cria um ambiente interessante que além de ajudar RiftStar Raider a ser um bom jogo, trazem consigo muitas memórias de […]

LER MAIS
Análise: Omensight

Das hábeis mãos da Spearhead Games chega Omensight. Depois do sucesso decente do seu último jogo, Stories: The Path of Destinies, o estúdio criou um jogo que tem muito em comum com Stories, mas que é uma evolução em quase todos os sentidos. Esta é mais uma vez uma jornada de ação que se apóia […]

LER MAIS
Análise: Detroit: Become Human

A Quantic Dream pode não produzir os jogos mais populares do mercado mas têm uma legião de fãs forte e um mercado muito próprio. A sua abordagem aos videojogos é muito própria e o resultado final de cada um dos seus jogos embora fique aquém do potencial é sempre uma experiência gratificante que não oferecendo muito […]

LER MAIS
Análise: Cyberdimension Neptunia: 4 Goddesses Online

A saga Neptunia cresceu de uma forma completamente descontrolada nos últimos anos e com sequelas, spin-offs e ports a Idea Factory e a Compile Heart não têm realmente mãos para tanto trabalho. Os criadores ganharam portanto o hábito de reutilizar assets existentes para detalhar o restante do novo conteúdo que entra nos novos títulos. Até os maiores […]

LER MAIS
Análise: God of War

Kratos é para a Sony o que Master Chief é para a Microsoft. É neste momento a personagem mais icónica da empresa nipónica, mas em termos de jogos em si a verdade é que notava-se no lançamento de Ascension que a fórmula e que tinha criado e o género pelo qual foi o grande responsável […]

LER MAIS
Análise: Shadow of Colossus

Shadow of Colossus não é apenas um dos meus jogos favoritos para a PS2, é também um dos meus favoritos de sempre. Infelizmente tenho tendência para não gostar de voltar a jogos que adorei depois de muito tempo porque normalmente metade das boas memórias que temos dos jogos são através dos olhos da nostalgia, que […]

LER MAIS
Análise: Bravo Team

Bravo Team é o mais recente lançamento de perfil alto para o PlayStation VR. Pelas mãos dos criadores do excelente Until Dawn, as expectativas para Bravo Team eram relativamente altas, no entanto a experiência em si revelou-se pobre. Tal como Farpoint, Bravo Team é compatível com o PlayStation VR Aim Controller e há até um pacote […]

LER MAIS