Análise: Xuan Yuan Sword 7

Xuan Yuan Sword é uma longa série de jogos, no entanto é uma longa série de jogos que eu nem sabia que existia. Com alguma pesquisa ficamos a saber que a série Xuan Yuan Sword tem como palco uma versão alternativa e recheada de fantasia da China antiga. Embora a exposição dos jogadores ocidentais à série seja limitada, podemos encontrar algumas semelhanças com a série Final Fantasy e este sétimo jogo da série pode facilmente ser comparado Final Fantasy XV, devido tanto à apresentação visual como às mecânica de jogo.

Xuan Yuan Sword 7 começa com os jogadores no papel de Taishi Zhao, um jovem que passou os últimos treze anos a cuidar da sua irmã mais nova, Xiang. Os dois vivem nos arredores de uma pacífica aldeia nas montanhas e recebem uma visita do exército na área para investigar um evento misterioso. Zhao concorda em escoltar os soldados em troca de dinheiro, mas aquilo que parecia um bom negócio torna-se uma batalha quando um monstro aparece. Xiang acaba por morrer mas Zhao faz um pacto com um ser místico aprisionado para amarrar a sua alma à terra dos vivos e a história principal é a aventura de Zhao para tentar salvar a irmã, descobrindo vários segredos de família pelo caminho.

A história de Xuan Yuan Sword 7 é extensa e aquilo que parece ser uma história simples torna-se rapidamente um exemplo de construção de mundos e de tradição. As conversas entre os membros do grupo fornecem uma grande quantidade de informação sobre a história do mundo e das personagens que o habitam. As missões secundárias são abertas e fornecem ainda mais detalhes e história emocionais. Quando as nossas personagens descansam nas fogueiras temos acesso a ainda mais conversas. O mundo do jogo está recheado de histórias e o lore do jogo é bastante rico, o que é uma agradável surpresa. Normalmente os jogos acabam por se perder em mistérios, mas Xuan Yuan Sword acaba por oferecer um lore completo e rico .

À medida que vamos avançando na aventura e Zhao e Xiang viajam, o seu pequeno grupo cresce para incluir um moista chamado Chu Hong. Mohism é um tipo de filosofia com um princípio fundamental no amor universal, responsável pelos avanços tecnológicos incríveis vistos em todo o jogo, no entanto, o adversário exército Lijun também é composto por moistas que interpretam a mesma filosofia mas de maneira diferente. Essa natureza dupla existe em todo o enredo, com todos os lados sendo compostos por pessoas honradas e desprezíveis, dependendo de como olhamos para as suas ações. Isto é um contraste do branco e preto da maioria dos jogos e cria uma narrativa bem mais interessante, assim como realista. As relações que se formam entre o trio e o vínculo de irmãos cada vez mais forte entre Zhao e Xiang fazem com que as 20 horas do jogo passem muito depressa.

Infelizmente o resto das personagens não estão tão desenvolvidas como o trio de personagens principais e não existe grande aprofundamento das suas histórias. Existem algumas histórias interessantes e emocionantes, mas nunca atingem o mesmo nível nem têm impacto geral na narrativa. Xuan Yuan Sword 7 é um RPG de ação em sua essência, e o combate é fantástico e o verdadeiro foco do jogo, por isso mesmo é até surpreendente que toda a narrativa seja tão elaborada como é. Na batalha, os jogadores têm controle total sobre Zhao, que distribui o dano com combos unidos de ataques leves e habilidades de artes marciais mais poderosas. O combate é rápido e fluido, e o jogador tem que pensar bem quando se trata de uma estratégia adequada.

Fora do combate, Zhao pode navegar por terrenos complicados manobrando cuidadosamente por pequenos espaços ou saliências estreitas, ou saltar e escalar de um lado para outro seguindo instruções úteis. Esses recursos ajudam a quebrar o que de outra forma seriam fases de exploração aborrecidas. Existem alguns puzzles dentro das masmorras que variam em termos do que o jogo nos pede para fazer e existe também um minijogo onde podemos uma espécie de xadrez. Existem pontos de viagem rápida que desbloqueamos à medida que atravessamos as várias zonas do jogo. Os santuários e fogueiras oferecem inúmeras oportunidades de salvar o jogo, embora possa ser frustrante não podermos simplesmente guardar o jogo em qualquer lado. Existem também melhorias de armadura, armas e acessórios para todos os três membros do grupo e um sistema de crafting fácil de aprender.

Visualmente, não há muito para dizer mal. Os gráficos são impressionantes mesmo na geração anterior, com cenários lindos e modelos de personagens detalhados. As expressões faciais das personagens são também fantásticas e certas cenas de história são representadas através de animações de pintura em aquarela em movimento. O jogo é iluminado de forma escura por uma questão de estética e isso acaba por tornar algumas zonas menos bonitas do que são na verdade. A banda sonora é também incrivelmente bem composta e a dobragem chinesa transmite as emoções do personagem de maneira maravilhosa.

Xuan Yuan Sword 7 é uma agradável surpresa. Pessoalmente não conhecia a série e é surpreendente que uma série com esta qualidade consiga chegar ao sétimo jogo sem eu sequer ter ouvido falar dela. Tenho pena de ter de começar pelo sétimo jogo de uma serie e espero que o jogo venda de forma espetacular para podermos ver alguma forma de remake dos jogos anteriores.

Tiago Roque

Leave A Comment