Análise The 39 Steps

39 Steps é um daqueles jogos que tem uma fina linha entre jogo e livro interactivo. A forma como lemos está a mudar, de livros físicos passamos para  livros digitais e agora para algo mais interactivo em que romances clássicos ganham vida com imagens em movimento, segmentos animados breves, cutscenes, e até mesmo alguns puzzles. 39 Steps tenta realmente ser inovador na forma como pega num livro clássico e o tenta trazer para uma nova dimensão. Disponível para PC, Mac e Linux, é um livro de John Buchan mistério / thriller lançado em 1915. A história e o texto estão intactos e portanto se não leram o livro vão poder saber a história em toda a sua glória.

Pouco antes da eclosão da Primeira Guerra Mundial, o ex-oficial do exército Richard Hannay instala-se em Londres e encontra-se inquieto e aborrecido. O seu estado de espírito literalmente muda durante a noite, quando um vizinho, Franklin Scudder,  revela que ele descobriu um plano alemão para assassinar o primeiro ministro grego e roubar os planos da Grã-Bretanha para a eclosão da Grande Guerra. Quando Scudder é assassinado poucos dias depois, Hannay acha que ele é o próximo. Ele faz uma corrida para o campo, esquivando-se de várias tentativas contra a sua vida, enquanto tenta descobrir a cifra que Scudder utilizapara criptografar as suas anotações sobre o plano alemão.
A versão de 39 Steps da história combina texto e imagens para fazer a história de Buchan tornar-se realmente viva. O jogador move-se de uma cena para outra, cada uma ricamente ilustrada. Os efeitos de som são inúmeros, incluindo passos, respiração pesada, comboios e portas a abrir e fechar. Há pedaços de animação ocasionais e algumas cutscenes apresentam vozes de alta qualidade que honram as personagens de Buchan.
Um ponto notável sobre os gráficos do romance é que seus personagens humanos são representados por silhuetas, sem nunca se ter sequer uma visão clara do rosto de Hannay, ou de Scudder, mantendo assim a nossa imaginação a funcionar.

the-39-steps

Há, porém, são um par de pequenas falhas com The 39 Steps,. O mecanismo de troca de página é na melhor das hipóteses mau. Felizmente, podem simplesmente clicar para percorrer páginas como fariam com qualquer ebook. Outro problema são puzzles fracos do jogo que pouco têm de relevante para a história, acabando por ser uma distracção. Se estão à procura de um bom jogo de aventura, 39 Steps não é isso, havendo realmente pouco de jogo aqui. No entanto se não leram o livro que lhe deu origem e tudo o que precisam é uma boa história, 39 Steps pode oferecer isso.

6.5/10

Tiago Roque

Leave A Comment