Antevisão: Redneck Ed: Astro Monsters Show

Redneck Ed: Astro Monsters Show é um jogo de plataformas e ação com grande inspiração no look cartoon e que relembra muito Cuphead mas talvez com maior inspiração nos desenhos animados dos anos 80 ou 90. O jogo está recheado de humor e a qualidade da animação salta à vista, mas as comparações com Cuphead serão muitas e o jogo não consegue para já igualar a qualidade da animação de Cuphead, não ficando muito longe.

A demo de Redneck Ed: Astro Monsters Show está disponível agora na Steam graças ao Steam Game Festival que dura até dia 22 e desde já podem experimentar gratuitamente o jogo. A história é a de um Redneck a quem roubaram a cara e para a recuperar tem de participar num programa de televisão alienigena onde tem de derrotar praticamente todas as criaturas do universo conhecido. O grafismo cartoon é acompanhado com uma banda sonora a condizer, mas enquanto Cuphead é quase sempre adorável, Redneck Ed mistura algum gore, não muito. Infelizmente a componente sonora tem algumas falhas. Os ataques de Ed por exemplo não têm grande impacto audível e falta aqui algo mais satisfatório neste departamento.

A jogabilidade é simples  mas tem profundidade suficiente para se poder melhorar com o tempo de jogo. A progressão no jogo faz-se por arenas, não existindo grandes cenários para explorar além do hub central onde podemos subir e descer um elevador que nos leva às lojas de upgrades e compras de cartas que nos permitem aumentar a vida de Ed ou a força do ataque no caso dos upgrades e comprar novos combos na loja de cartas. Depois temos as arenas em si que podem ser completadas em três dificuldades e têm objectivos secundários como acabar a arena em X tempo ou sem morrer. Durante o combate dependendo do combo e multiplicador recebemos Likes que podemos trocar na loja de upgrades.

Equipado com uma chave inglesa ao bom estilo de Ratched & Clank controlamos Ed ao longo de 15 níveis por agora, mas cada um demora mais do que o normal a completar porque devemos jogar cada um pelo menos três vezes por causa das dificuldades e porque o jogo é realmente desafiante. Ainda faltam muitas arestas para polir até ao lançamento final. Gostaria de ver mais som no jogo além da boa banda sonora, como vozes em mais personagens e um som satisfatório nos ataques, por isso iremos reavaliar o jogo aquando do lançamento.

Tiago Roque

Leave A Comment