Análise: Supermarket Shriek

Os fãs de party games têm cada vez mais propostas no mercado por onde escolher onde gastar o dinheiro. Supermarket Shriek é na minha classificação um party game, mas tem muito mais de Katamari do que Overcooked. É um jogo com um carisma especial, jogabilidade frenética e bom design dos níveis e que não irá desapontar nenhum jogador que escolher comprar o jogo.

Como já referi, a jogabilidade de Em termos de Supermarket Shriek é semelhante à de Katamari, já que um gatilho define o impulso esquerdo e o outro controla a direção. Pode demorar um pouco para nos habuar-mos à jogabilidade, especialmente em algumas corridas de obstáculos mais apertadas, mas acaba por se tornar um esquema natural e fácil de aprender depois dos primeiros jogos. No início, há uma grande facilidade nas corridas, sendo fácil atravessar os corredores e evitar as armadilhas mas a dificuldade aumenta à medida que avançamos no jogo e eventualmente a diversão se transforma-se em desafio frustrante.

Supermarket Shriek apresenta uma ideia divertida e ter os personagens aos berros para impulsioná-los é divertido no início, mas gradualmente fica irritante, pois eles têm as mesmas vozes, e não importa o quão bom eles soem, eles acabam por cansar. O jogo é realmente bom a solo mas se quiserem um desafio extra podem tentar jogar uma sessão cooperativa onde um jogador controla o homem, o outro a cabra. Isto torna o jogo bem mais desafiante, algo que sinceramente pode parecer bom no papel mas na realidade nem por isso. O incentivo geral no jogo, além de obter uma pontuação alta, é desbloquear itens para as personagens, apenas cosméticos, mas que fornecem um incentivo para continuar a jogar.

Supermarket Shriek consegue quase sempre uma boa proporção entre dificuldade e recompensa, já que nunca temos de repetir um nível tempo suficiente para simplesmente abandonar o jogo e sempre que avançamos um pouco recompensados. Os níveis em si podem ser um pouco repetitivos, mas a estrutura base é realmente boa. O jogo apresenta também uma grande variedade de pequenos mapas de desafio cronometrados divertidos e variados que variam entre coisas como partir uma promoção de produtos enlatados a recolher itens. O jogo consegue oferecer uma boa progressão no desenrolar do jogo e também alguma novidade no design, graças ao estilo de arte peculiar. O visual de desenhos animados e a câmera suspensa são ambos perfeitos para o estilo de jogo e permitem transmitir a personalidade do jogo e permitem que tudo no jogo seja muito fácil de ler. A visão de cima para baixo é muito boa já que os supermercados não são os lugares mais empolgantes, mas quando se vêem lâminas giratórias e lasers tudo se torna muito divertido.

Supermarket Shriek é um jogo para jogar em pequenas sessões e não um jogo para gastar uma tarde seguida. Pode ser divertido como um “gimmick”, mas o objetivo é ser divertido e o jogo oferece isso mesmo. Talvez não seja o jogo que irão comprar a correr pelo preço completo, mas se o encontrarem em promoção é uma boa proposta.

Tiago Roque

Leave A Comment