Análise: Linelight

Linelight é um jogo de puzzle que parte de um conceito muito simples, ou aparentemente simples e constroi uma série de níveis de crescente complexidade através do mesmo conceito. Aqui jogamos como uma pequena linha brilhante que só é capaz de viajar através decaminhos definidos no jogo. Podemos mover-nos para outros caminhos com facilidade apenas com os botões direcionais e temos apenas um botão frontal para reiniciar quando invevitavelmente cometer-mos um erro. O objetivo do jogo é simplesmente chegar ao final de cada área e no geral é uma experiência bastante zen mesmo quando tentamos recolher todos os itens.

Cada ecrã geralmente apresenta um puzzle simples. Às vezes temos de pressionar um botão para abrir um caminho, outras vezes precisamos de evitar linhas vermelha e no geral os níveis terminam com uma seção onde nós temos de trabalhar em conjunto com uma linha vermelha inimiga para progredir. Essas linhas vermelhas agem de forma independente, mas com os botões podemos manipular o caminho que elas seguem. Ao contrário de muitos jogos do género, Linelight consegue fluir bem, continuando a deixar o jogador a sentir-se inteligente mesmo que se consiga progredir de uma forma mais ou menos rápida pelo jogo.

Nunca ficamos presos num puzzle por muito tempo e o jogo parece estar constantemente a avançar. Se visualmente é um jogo realmente simples, a banda sonora é muito agradável e ajuda-nos a manter num estado de espírito leve e que o jogo tende em não estragar. No geral a banda sonora quase que nos embala até adormecer. Linelight no geral é um jogo muito impróprio para jogar na cama a não ser que queiram levar com uma Switch na testa em questão de minutos. Ocasionalmente, podemos ficar presos num dos níveis mas é de tal forma raro e fácil de ultrapassar com alguma experimentação, que nenhum puzzle é frustrante demais. Linelight é essencialmente um jogo feito para quem procura uma experiência casual e stree não é uma emoção que irão sentir a jogar Linelight.

Se estão à procura de um bom jogos de puzzles casual com boa música, Linelight é facilmente aquele que eu recomendaria com mais facilidade. O conceito simples é fantastico para pegar e jogar e a falta de stress e frustração que temos a jogar é raro nos jogos de hoje em dia, onde estamos a jogar algo frenético, ou jogos de puzzles que podem começar por ser simples mas onde a dificuldade exponencial fazem com que chegar ao fim seja mais uma tarefa do que um hobbie.

Tiago Roque

Leave A Comment