Análise: Totally Reliable Delivery Service

Não há grande forma de fugir ao facto de que Totally Reliable Delivery Service é um mau jogo. Aquilo que podemos discutir é se aquilo que objetivamente o torna mau, o pode tornar também divertido e se alguns do problemas que podemos observar são deliberados. O jogo chega agora à Steam depois de ter estado na Epic de forma gratuita durante algum tempo.

Totally Reliable Delivery Service é o seguimento de um género que tem por um lado um potencial viral muito grande, mas que não parece ter sido bem recebido propriamente bem pela grande maioria dos jogadores e onde o principal exemplo é talvez Human: Fall Flat. Enquanto que Human: Fall Flat consegue realmente apresentar algo bom com essas ideias, Totally Reliable Delivery Service não consegue atingir bem o mesmo patamar, sendo mais frustrante e muito menos gratificante.

Totally Reliable Delivery Service é sobre exatamente o que o nome indica. O jogador trabalha para um serviço de entregas com a liberdade de um mundo aberto e colorido para as fazer e pela ordem que desejar. Este não é um jogo que se leva a sério e apesar de todas as suas falhas não posso dizer que não exista diversão para se extrair daqui. Um problema em analisar estes jogos é que aquilo que são verdadeiramente falhas e bugs, são os responsáveis por muitos dos momentos divertidos do jogo, mesmo que em maior parte das vezes sejam também responsáveis pelos frustrante.

Visualmente Totally Reliable Delivery Service é acima de tudo super colorido mas pouco detalhado. O mapa do mundo não é muito grande, mas há muito para fazere muitos veículos e locais para explorar. A física instável e o quão insanamente quebrado Totally Reliable Delivery Service está faz com que experimentar veículos seja a melhor diversão que se encontrará no jogo, por isso o meu conselho é sempre que possam ignorem as missões e simplesmente abram alas à imaginação e qualquer impulso que tenham.

Este é um jogo que pede para ser jogado com amigos, no entanto as entregas são completamente inúteis com amigos. Há muito pouco que se possa fazer para ajudar outro jogador e para dizer a verdade, muitas vezes acabamos simplesmente atrapalhar os outros jogadores o que só aumenta a frustração do jogo. Para ser ainda mais honesto, sempre que tentamos extraír algo mais sério do jogo acabamos por prejudicar a diversão. A liberdade de movimentos do jogo acaba por o tornar muito caótico e não é compatível com um estilo sério de jogo. Além disso tudo no jogo parece jogar contra nós, o que torna tudo mais frustrante quando estamos a tentar fazer algo bem e com cuidado.

Além de tudo isto, o mais frustrante é que o jogo tem muitos problemas técnicos que também impedem as nossas entregas. Por vezes os membros da nossa personagem ficam presos dentro de outros objetos sem nenhuma maneira de sair. Outro problema é a enorme quantidade de pop-in que acontece no jogo. Estes problemas acabam por criar muitos momentos divertidos no jogo, mas além de não poder considerar um bug uma mais valia, isto faz com que jogar ou tentar jogar bem, seja quase impossível.

Totally Reliable Delivery Service pode ser divertido, mas está longe de ser um bom jogo. Tentar cumprir missões e objetivos remove a diversão do jogo e para ser divertido acaba por ser um jogo vazio de objetivos. Os bugs são muitos também, mas removelos acabava por tornar o jogo mais banal. Totally Reliable Delivery Service é um jogo estranho e que pode ter público.

Tiago Roque

Leave A Comment