Análise: WarioWare: Get It Together

WarioWare: Get It Together é a continuação de um dos jogos mais estranhos, mas também divertidos da Nintendo. A fórmula de mini-jogos rápidos continua mais ou menos a mesma e ainda bem, porque a qualidade e inovação de um WarioWare deve vir essencialmente da qualidade e originalidade dos seus mini-jogos e não de revoluções na fórmula. É divertido e engraçado mas também é óbvio que os seus criadores estão à procura de conseguir viver de acordo com o legado da série e introduzir novas e emocionantes maneiras de interagir com os jogos da série WarioWare. O equilíbrio entre estas duas ideias faz com que o jogo pareça familiar, mas também que não parece tão fresco como entradas anteriores.

Mesmo sem ser o jogo da série WarioWare sem a maior dose de novidades, WarioWare: Get It Together ainda é super divertido e todo o tempo que passei com o jogo foi bem passado. Aquilo que mais difere na jogabilidade desta vez é que aqui o jogador controla uma personagem no ecrã e pode jogar os jogos cooperativamente com outras pessoas controlando personagens diferentes. Nas entradas anteriores da série, o jogador interagia com cada jogo diretamente e não através de um avatar.

Cada personagem também tem as suas próprias habilidades, diferentes umas das outras, criando uma camada de importancia à personagem que vai mais além da simples forma de interação. Umas personagens podem voar, enquanto que outras apenas podem saltar por exemplo. Apesar de o jogo no geral não parecer tão inovador como outros da série, a realidade é que tem termos de variedade, WarioWare: Get It Together é uma das entradas mais ricas da série. Além da variedade dos mini-jogos, o facto de os podermos jogar com personagens diferentes faz com que cada combinação pareça ligeiramente diferente.

WarioWare sempre foi uma espécie de party game antes de estes se tornarem super populares graças a jogos como Overcooked e WarioWare: Get It Together acentua essa vertente do jogo. Enquanto que os jogos anteriores funcionavam bem jogados a solo, WarioWare: Get It Together é pensado para jogar com amigos. O próprio nome do jogo mostra que essa é a direção que a Nintendo escolheu para esta nova entrada na série. Talvez os fãs dos jogos anteriores tivessem preferência por algo mais próximo aos jogos anteriores, mas pessoalmente acho que além de esta mudança resultar, acho que é a direcção certa, até porque o facto de ser melhor com companhia, WarioWare: Get It Together é divertido de qualquer forma.

Para um jogo que tem uma vertente de humor tão vincada podem encontrar muito humor leve sem muitas piadas nojentas. O jogo continua a divertir-se com o absurdo e muitos dos jogos são isso mesmo. É o tipo de humor que irá mais facilmente fazer uma criança rir do que um adulto, mas não posso dizer que não faça rir um adulto de vez em quando. Além do modo “normal” o jogo tem um modo onde escolhemos cinco personagens e tentamos sobreviver ao maior número possível de mini-jogos. Quanto mais longe formos, mais alto subiremos nas tabelas de classificação. O jogo tem em conta a dificuldade de cada personagem e isso irá contar para a pontuação.

WarioWare: Get It Together pode não parecer muito diferente de outros jogos da série, WarioWare: Get It Together continua a parecer tão diferente do resto dos jogos que existem no mercado, que continua a valer muito a pena. O modo cooperativo é fantástico e torna o jogo mais calmo, se for isso que estão à procura.

Tiago Roque

Leave A Comment