Análise Revenge of the Titans

Revenge of the Titans é um tower defense bastante diferente de todos os que já por aqui passaram e talvez um dos mais difíceis também. É um jogo indie em tudo o que isso implica. O grafismo pode ser simples e pouco exigente, no entanto é dotado da originalidade que só os jogos indie parecem conseguir oferecer. A acessibilidade parece estar garantida, mas isso não significa que grande parte dos jogadores não tenham que falhar e falhar na mesma missão.

Muitos dos tower defense actuais tentam distanciar-se da concorrência através de pequenos twists. Misturar elementos de RTS ou optar por sítios pré-definidos para as torres por exemplo. Essas foram as estratégias de alguns jogos que por aqui já passaram. Revenge of the Titans por outro lado não inventou muito.

Na sua essência é um tower defense básico que pouco mudou na formula, mas através de uma inteligente árvore de habilidades onde tudo parece ser possível. Caso o jogador goste simplesmente de colocar o máximo de torres possíveis ou servir-se de apenas algumas torres recheadas de boosts de ataque, tudo é possível em Revenge of the Titans e é nessa liberdade juntamente a um design único que lhe traz o carisma e a qualidade que o distanciam.

Este que é o seu maior trunfo é também como muitos jogadores vão acabar por perder. Como tudo o que vão desbloqueando passa para o nível seguinte se a abordagem for errada vão acabar por irremediavelmente ficar numa situação onde é impossível completar o nível seguinte. O ideal acaba por ser um abordagem equilibrada que tenta atingir todos os ramos da árvore, portanto ficam desde já avisados.  Infelizmente esta dificuldade chega sem aviso pois os primeiros níveis são relativamente fáceis.

Outro aspecto importante para terem sucesso é realmente conhecer todos os adversários que vão encontrando. Cada um tem um par de ataques que são mais eficazes contra eles e não os conhecer acaba em recursos mal gastos. Imaginem por exemplo que o vosso foco é totalmente em dano, deixando de parte qualquer tipo de velocidade de ataque por exemplo. Naturalmente irão ter óptimos resultados contra titans resistentes mas contra ondas de titans fracos mas em largo numero irão ter bastante dificuldade.

Revenge of the Titans é uma excelente proposta para quem gosta de tower defense. É desafiante e complexo e o design indie único. Aquilo que lhe falta em inovação é equilibrado com uma enorme liberdade de escolhas e bom design. Infelizmente a liberdade tem tanto de bom como de mau, uma vez que más escolhas nos primeiros níveis implica recomeçar o jogo de novo.

7.5/10

Tiago Roque

Leave A Comment