Análise Disgaea 4: A Promise Unforgotten

Netherworld pode ser um lugar bastante difícil. O Overlord é normalmente governado por uma criança e com demónios a correr livremente não é um sitio que eu recomendaria a um humano. A história gira em torno de um instrutor de Prinnys vampiro chamado Valvatorez e seu assistente lobisomem, Fenrich. Valvatorez deixou de beber sangue e agora come sardinhas, pois elas têm todos os nutrientes que ele precisa. Ele e Fenrich estão a tentar parar o governo que emitiu um massacre Prinny no Netherworld. Ao longo do caminho, eles encontram assassinos, o único filho do presidente, uma humana que acredita está apenas num sonho, e uma enorme quantidade de outros personagens.

O jogo é um RPG de estratégia baseado numa grelha onde escolhem quais os membros da party que querem usar e posicioná-los. O combate em si é muito simples, mas muito profundo, ao mesmo tempo, Disgaea sempre foi conhecido por poder ser aproveitado tanto por jogadores experientes como por jogadores mais novatos. Podem fazer ataques normais, ataques de combo, ataques em equipa e ataques especiais. Os ataques normais são geralmente ataques físicos com as armas que têm equipadas. Se um personagem ataca um inimigo enquanto eles estão em pé ao lado de um aliado, às vezes isso vai desencadear um ataque em equipa. Basicamente, têm um ataque físico com os dois personagens que podem causar dano duplo.

Ataques especiais são os movimentos que  usam um pouco do SP e que vão desbloqueando à medida que sobem de nível. Podem ser mágicos ou físicos mas em ambos os casos dão a maioria dos danos a um inimigo. No final da batalha, serão avaliados de acordo com o vosso desempenho. Com cada nível  recebem novos itens, mais XP, mais dinheiro, e muitas outras coisas. As batalhas não são apenas acerca de atacar e defender. Há uma tonelada de outros elementos para o tabuleiro de batalha. Às vezes, vão-se deparar com painéis que têm determinadas cores. Estes painéis têm um atributo específico, podem ser buffs ou debuffs, e os seus inimigos vão ganhar os efeitos se eles estão nos painéis, também.

Para contrariar estes painéis, há blocos de cor ao redor do mapa. Se pegarem num, coloque-o sobre um painel de cor diferente, e destruí-lo enquanto ele fica no painel, mudará automaticamente todos os painéis com a cor do bloco. Quando isto acontece, se houver um aliado ou inimigo num painel dessa cor, ele receberá dano, e se há um outro bloco de cor de um painel que mudou de cor, vai-se activar e começará novamente quase como um combo. Este pode ser um elemento chave para certas batalhas. Podem até ganhar uma batalha inteira apenas mudando painéis de cor. Por vezes se não tomarem isto em consideração podem acabar por passar por dificuldades uma vez que os inimigos podem controlar as zonas com buffs e conseguirem ataques muito mais poderosos do que normalmente.

O jogo apresenta um tutorial muito extenso que facilita o jogador em todos os aspectos do jogo. Mesmo os jogadores mais veteranos devem dar uma vista de olhos pelos tutoriais. Quando não estão em batalhas, gastam o vosso tempo na base. Aqui podem curar os membros da party, comprar itens, armas e armaduras, ir para o “Item Word”, aprender novas habilidades e ou ir para sede Senado onde podem desbloquear novos itens para a shop por exemplo.

Como a maioria das pessoas sabe, em qualquer RPG, compra de material e equipamento da party é essencial para a sobrevivência. A compra em lojas é realmente muito útil não só para ganhar os itens em questão, mas quanto mais compram das lojas, aumentam o vosso nível de cliente. Quanto maior o nível,  melhor serão os conteúdos disponíveis na loja. Então, cada vez que visitarem a loja, há sempre algo novo e melhor do que da última vez.

Podem aprender novas habilidades, magia, aumentar o efeito de suas habilidades e evilites ganho em uma loja especial que usa Mana em vez de dinheiro. Você vai ganhar Mana através de batalhas e nivelando-se. Evilites é um lustre que estará sempre em um determinado personagem. Você pode equipar os membros do seu partido com eles e eles sempre têm um carácter específico evility para começar. Evilities pode variar de imunidade a veneno de poder de ataque de 10% mais elevada. É sempre uma boa idéia colocar evilities sobre os membros de seu partido.

O Item Word é algo muito bom. Aqui, podem escolher um determinado item, arma ou peça de armadura que desejam melhorar. Quando entrarem no Item Word, têm que sobreviver através de batalhas aleatórias até à saída. Cada vez que chegarem a um novo nível aumentam o nível do item em questão +1. As estatísticas dependem de “inocentes” que residem dentro desse item. Alguns inocentes representam o poder de ataque, pontos de vida, inteligência e outras estatísticas. Cada vez que estão um nível acima, estas estatísticas vão aumentar. Depois de atingir 5 níveis do Item World, então podem optar por continuar nivelando o poder do item, ou procurar mais inocentes. Este aspecto de Disgaea 4 é um jogo em si só. Podem facilmente gastar uma hora neste modo apenas nivelando uma única arma mas quando virem mais  300 pontos no poder de ataque vão achar que valeu a pena. A última parte da base  é a sede do Senado. Aqui é onde podem criar novos membros da party, abrir votações de leis, e nomear figuras para determinadas posições.  Ao criar uma votação, podem votar em muitas coisas diferentes que podem variar de preço. Se a votação for a vosso favor acaba por aqui, mas se a votação falhar vai iniciar um mini-jogo em que têm que subornar ou ameaçar certos senadores para votar o seu caminho.

Os personagens, vozes, escrita, animações e animações são de alto nível. Posso dizer com segurança que os actores de voz em Disgaea 4 são dos melhores que a NIS já usou. Tudo sai genuinamente. A história é muito pateta às vezes, e toda a premissa é um completo absurdo, mas não podem deixar de adorar as personagens, mesmo os realmente irritantes.  As animações são todos bem feitos em 2D. O estilo de arte de anime encaixa-se perfeitamente no jogo e os ambientes coloridos são tão coloridos como os próprios personagens. Tudo esteticamente é pensado e muito bem feito. Se já jogaram algum Disgaea não vão encontrar nada de novo neste aspecto, mas podem contar que tudo o que conheceram está agora muito melhor.

A NIS faz sempre um trabalho fantástico criando RPGs que nos conseguem manter divertidos, com combate divertido e histórias ridículas que nos fazem rir. Até perder em Disgaea pode ser uma oportunidade de passar tudo de novo, pois quando perdem podem continuar desde o ultimo save game ou começar de novo mantendo todos os itens e level, passando pela experiencia de serem super poderosos no inicio. Podem fazer isto dezenas de vezes, até porque o nível máximo é 9999.

Disgaea 4 é provavelmente o melhor jogo da NIS, um exemplo perfeito de como um jogo pode ser divertido e simples para novatos mas ao mesmo tempo ter potencial suficiente para ser super complexo e dar-nos horas e horas e horas de jogo. Sem duvida recomendado apesar de já ter sido lançado à algum tempo. Se a NIS decidir lançar uma versão Vita será também um enorme lançamento, tal como Disgaea 3 o foi.

Pontuação: 9.8/10

Tiago Roque

Leave A Comment