Top 10 jogos desta geração

Com esta geração quase a chegar ao fim está na hora de pensar nos jogos que mais influenciaram esta geração. Passámos por bons momentos em todas as consolas que marcaram os nossos últimos anos, tenham sido eles na PS3, Xbox 360, Wii ou no PC, no entanto alguns jogos destacaram-se pela positiva, alguns pela qualidade máxima, outros por trazerem algo de tão inovador que passou a ser um standard que todos esperam ver em todos os jogos do género que se seguiram. Quais terão sido os jogos desta geração e será que ainda seremos surpreendidos?

10 – Heavy Rain

Heavy Rain é marco para a industria simplesmente porque introduziu um género. Podem achar que é apenas uma evolução de Fahrenheit mas é na realidade bastante mais. Personagens capazes de conduzir emoções desta forma nunca foi mostrado antes e o futuro de jogos deste género pode ser incrível. Talvez Beyond: Two Souls torne Heavy Rain irrelevante, mas este será sempre o jogo que mostrou que esta espécie de aventura interactiva pode funcionar. Se há jogos que mostram o amadurecimento da industria que procura públicos mais adultos Heavy Rain é o exemplo perfeito.

9 – Assassin’s Creed 2

Podem dizer que Assassin’s Creed pouco mais é que uma espécie de junção de Thief com Prince of Persia mas a Ubisoft conseguiu pegar no que de melhor O Código de DaVinci tem e mistura-lo com uma das suas melhores licenças para produzir um dos seus melhores e mais rentáveis franchises. O primeiro jogo acabou por ter algumas falhas e ficou marcado pela falta de variedade e conteúdo  mas com alguns elementos de GTA o segundo jogo trouxe definitivamente o jogo para esta lista. Até quando a Ubisoft vai manter esta uma licença anual cabe aos jogadores dizer, mas por aqui achamos que o segundo é sem duvida o melhor da série.

8 – The Walking Dead

Se há um jogo que foi uma verdadeira surpresa é este. A Telltale pegou na excelente BD e juntou um soberbo jogo a esta licença que conta também com uma série de sucesso. Ao contrário de outras empresas que apenas vêem o lucro à frente, (humm Activision), a Telltale pegou em The Walking Dead e fez o que melhor sabe fazer, contou uma história, dando ao jogador as escolhas de como ela se desenrolava. Mesmo com o sucesso da série sempre tentaram unir o jogo à BD e o grafismo é prova disso. Uma das surpresas desta geração.


League-of-Legends

7 – League of Legends

Provavelmente vou ter muitas criticas por colocar aqui LoL, mas aqui vai. Sim, League of Legends, por uma boa dose de razões. League of Legends apanhou o mundo de surpresa e continuou a ir contra todas as probabilidades anos seguidos. Ninguém na realidade conseguiu antever o sucesso deste jogo, que primeiro se tornou o jogo mais jogado do mundo e quando todos previam um decréscimo ou abrandamento, League of Legends conseguiu manter os jogadores interessados. Se isso não fosse suficiente os e-Sports são também agora marcados por este jogo que continua com prémios altíssimos. Poderia numerar mais uma serie de razões para esta escolha, o facto de ter popularizado o género MOBA ou ter provavelmente o melhor sistema de loja num jogo gratuito, possibilitando apenas a compra de itens estéticos com dinheiro real.

6 – Mass Effect

Alguém se consegue lembrar de algum jogo em que as escolhas feitas pelo jogador têm influencia dois jogos depois? Mass Effect mostrou como se faz um jogo em que o jogador tem que fazer as escolhas. Algumas escolhas eram ainda preto ou branco mas é sem duvida um marco desta geração que será lembrado como o derradeiro Star Wars dos videojogos. A controvérsia que gerou por causa de algumas cutscenes é a prova do seu sucesso, assim como a quantidade de jogadores que chateou com o final do terceiro jogo.

Super-Mario-Galaxy-2-E3-2009

5- Mario Galaxy 2

Mais do que um grande jogo, a Nintendo mostrou que Mario continua jovem. Depois de lançar um jogo quase perfeito, Mario Galaxy, a Nintendo preparou um dos seus melhores jogos de sempre. Não há muito a falar mal sobre Mario Galaxy 2, isto se realmente houver alguma coisa. A jogabilidade é uma das melhores de sempre e a imagem de marca dos jogos da Nintendo e provavelmente o jogo mais divertido de jogar nesta lista. A originalidade da Nintendo ficou bem presente em cada uma das diferentes galáxias e planetas, criando um jogo para todas as idades e um jogo que nenhum jogador pode deixar de gostar.

call_of_duty_4_modern_warfare_640px

4- Call of Duty 4

Call of Duty é um sucesso enorme que a Activision vai explorar até não conseguir mais. Porquê Call of Duty 4? Tanto o original como Call of Duty 2 foram jogos soberbos, mas foi o quarto jogo e a mudança para a guerra actual que trouxe uma verdadeira explosão de popularidade ao jogo da Activision. Call of Duty 4 revolucionou também o multiplayer e actualmente nenhum shooter é lançado sem killstreaks. Quer se goste deles ou não, parecem ter vindo para ficar, assim como Call of Duty que será lançado anualmente até continuar a dar lucro.

modloader-minecraft-02-700x406

3-Minecraft

Não podia deixar de fora Minecraft, um jogo pensado e criado por um homem apenas e que se tornou num sucesso quase sem precedentes. Já vendeu milhões de unidades e revolucionou os jogos indie, tornando Notch uma das maiores personalidades da industria. Já foram criados biliões de mundos, alguns verdadeiramente impressionantes, contando até com uma versão Minecraft da terra média de Tolkien. As horas de jogo dos jogadores são já incontáveis e já foi lançado para praticamente tudo o que é dispositivo.

2- Journey

Journey é uma obra de arte. Podem argumentar da forma que quiserem e pode realmente haver duvidas se os jogos são obras de arte, mas Journey é. O design e jogabilidade com a ajuda de uma das melhores bandas sonoras criam uma atmosfera que muitos filmes tidos automaticamente como arte nunca vão conseguir ter. Consegue transmitir emoção como nenhum jogo antes o fez, sem qualquer fala necessária. Mais do que um jogo que chegaram ao fim, daqui a uns anos será uma memoria que ficará  mesmo quando já não se lembrarem de metade dos jogos que jogaram.


uncharted-2-among-thieves-1

1-Uncharted 2

Não foi fácil colocar Uncharted 2 à frente de Journey mas há alguns argumentos que nos levaram a fazê-lo. O primeiro Uncharted foi sem duvida um óptimo jogo, uma boa aventura que mostrou o poder da PS3, mas Uncharted 2 foi muito mais do que isso. Além do grafismo de sonho, animações de uma qualidade nunca antes vista Uncharted 2 é o mais próximo de uma experiência cinematográfica que vamos chegar por agora num jogo. Enquanto que Journey é um daqueles jogos que aparecem uma vez esporadicamente, Uncharted 2 tem qualidades que podem ser replicadas por outros estúdios e tem elementos que vão ser sem duvida copiados nos próximos lançamentos do género.  Por essa razão, e por ser um jogo brilhante, Uncharted 2 é o melhor e mais influente jogo desta géração.

Tiago Roque

Leave A Comment