Análise State of Decay

Recentemente escrevi a antevisão de State of Decay. Na altura tinha jogado apenas algumas horas mas agora posso falar um pouco melhor sobre o jogo. Caso queiram rever o que escrevi na minha primeira impressão, podem ler aqui.State of Decay é um jogo de zombies da  Undead Lab. Isto poderia ser a descrição mais básica do que aquilo que o jogo é, mas State of Decay é muito mais do que isso. Apesar de ser um jogo para o Xbox Live Arcade e custar cerca de 20€, State of Decay oferece mais conteúdo que muitos jogos de 60€.

A Undead Labs conseguiu realmente criar um jogo de zombies soberbo. Não é apenas um jogo de zombies, antes disso é um jogo de sobrevivência que tem todos os detalhes necessários para replicar uma verdadeira experiência do género. Sem qualquer tipo de introdução, somos imediatamente largados na acção. Logo no inicio temos que fugir para o primeiro abrigo e conhecer alguns dos sobreviventes mas rapidamente aprendemos a dura realidade de que os sobreviventes rapidamente podem morrer em State of Decay.

Ajudar os outros sobrevivente irá aumentar a confiança que eles têm em nós e cria laços de amizade. Assim que um dos sobrevivente cria laços de amizade com a nossa personagem irá tornar-se uma personagem jogável. Não podem, ou melhor, não devem jogar apenas com uma personagem, pela simples razão de que ao fim de algum tempo esta começa a ficar cansada e é necessário trocar para manter os níveis de stamina.

Como em muitos filmes de zombies, pode haver desvantagens em aumentar o vosso grupo. É preciso encontrar o equilíbrio entre  o numero de pessoas que precisam para conseguir sobreviver e aqueles para que é possível ter tempo e recursos para manter vivos. Todos os sobreviventes precisam de comida, espaço e medicamentos o que pode ser difícil de recolher.  Além disso todas as personagens têm uma personalidade diferente e enquanto isso não afecta muito quando estão a utilizar uma personagem, assim que não as estão a utilizar elas passam a interagir sozinhas, e os conflitos que surjam vão ter que ser resolvidos pela jogador.

airplane_1

Cada personagem irá melhorar as sua habilidades simplesmente jogando normal, o que torna cada personagem o reflexo de como a utilizarem. As missões que vão cumprir são variadas e vão desde recolha de mantimentos até atacar zonas cheias de zombies. Cada personagem carrega uma mochila e um diário, no qual podem ver os detalhes das vossas personagem e gerir o inventório. Existem ainda veículos que nos ajudam a viajar rapidamente quando as missões são demasiado longe.

Existe um nível de complexidade que parece não existir à primeira vista. Algumas apenas se tornam evidentes ao fim de algumas horas de jogo, o que faz com que horas depois ainda se encontre algo de novo em State of Decay. Existe sempre perigo, mesmo nas tarefas mais rotineiras. Podem entrar em quase todos os edificios para encontrar mantimentos e armas e podem tentar procurar normalmente ou rapidamente. Enquanto que rapidamente é realmente mais rápido, é também mais barulhento o que pode atrair os zombies que se encontram nessa zona.

garden_1

À medida que vão aumentando o numero de sobreviventes, vai-se tornando também difícil manter o numero de comida e medicamentos necessários para os manter vivos. Se os sobreviventes começarem a não ter comida suficiente ou sem medicamentos começam a ficar fraco e doentes e não conseguem manter o acampamento. Além disso estão limitados aquilo que podem levar na mochila e quanto mais levarem mais rapidamente ficam cansados. Podem ver realmente a complexidade de State of Decay.

O mundo de State of Decay é vasto e há muito para fazer. Há sempre novas missões a aparecer e a tensão é constante, até porque a morte aqui é permanente. Lembram-se de como era difícil manter o vosso grupo de sobreviventes? Esta é outras das razões para isso. Ir para uma missão com uma personagem cansada pode acabar com a sua morte, o que torna vital a rotação entre as personagens.

Como o dinheiro já não é muito importante neste novo mundo dominado por zombies, os jogadores ganham influencia, como resultado das suas acções. Ter mais influência dá-lhe acesso a melhor equipamento, garantindo-lhe uma maior taxa de sucesso para as próximas muitas missões. Ganhar influencia pode ser feito de várias maneiras diferentes, mas sendo a mais básico ir resgatar mantimentos. Procurar um pouco de comida nas proximidades e entregá-la na base é sempre bem recebido pelos outros sobreviventes.

state-of-decay-inventory
Mas State of Decay não é só pontos positivos. Os menus são pouco intuitivos, com uma camada de abas desnecessárias. Os controlos podem ser um pouco estranhos às vezes, e há bastantes falhas visuais. O jogo tem um exterior bastante áspere, incluindo uma frame rate instável e algumas texturas bastante fracas. Felizmente tudo isso quando comparado com os pontos positivos é completamente negligenciável.

No final são alguns euros por um jogo por download que oferece mais conteúdo que muitos AAA lançados actualmente. É um pouco decepcionante, no entanto, que não se possa jogar State of Decay cooperativamente, pois isso tornaria o jogo ainda melhor. Um simples split-screen por exemplo seria o suficiente. State of Decay é provavelmente o jogo que oferece uma melhor experiência deste género. Falando de jogos de zombies em geral este não é aquele que oferece melhor história, mas é aquele que oferece a melhor experiência a ser um verdadeiro jogo de sobrevivência e é isso que o torna fantástico.

 

9/10 

Tiago Roque

Leave A Comment