Análise Spin The Bottle: Bumpie’s Party

Se costumam beber uns copos com os amigos em casa, conhecem a importância de um bom “drinking game”. Spin The Bottle: Bumpie’s Party não é propriamente isso, mas não está muito longe dessa ideia. Convém realçar que este titulo é como Singstar ou Rockband, ou seja, um jogo em que faz pouco sentido jogar sozinho, mas ainda mais social impossibilitando mesmo o jogador de jogar sozinho. Obviamente não há nenhuma barreira física que o torne impossível mas no momento em que o tiverem que fazer podem-se considerar o derradeiro “forever alone”.

Se a Nintendo pretende convencer os jogadores da singularidade e poder do GamePad da Wii U, terá que apostar em jogos como Bumpie’s Party. Obviamente não digo que todos têm que ter o mesmo conceito, mas sim que todos devem tentar usar o seu comando de formas inovadoras como este o faz. Ao iniciar Spin The Bottle: Bumpie’s Party, o jogo pede imediatamente ao jogador para desligar a TV. Na verdade, com uma ou duas excepções, o controlador torna-se pouco mais do que um manual de instruções, pois o jogo em si decorre com os nossos amigos, sem recurso a nenhum tipo de jogo virtual.

Mas que raio de videojogo não usa um ecrã perguntam vocês. Este não é um jogo para os jogadores solitários e mesmo os que conseguirem encontrar apenas um amigo não vão poder jogar todo o jogo. Para desfrutar realmente desde jogo irão ter que recrutar quatro ou mais jogadores e bastantes Wiimotes. Depois desse primeiro passo é importante também pensar em ingerir alguma quantidade álcool para tornar o jogo interessante, uma vez que maior parte dos jogos requer uma proximidade com os outros jogadores que pode deixar muitos bastante desconfortáveis.

Convém também arranjar bastante espaço, porque além de terem que acolher tantos jogadores ao mesmo tempo, todos os jogos precisam de um espaço livre considerável, a não ser que não tenham amor à mobília nem problemas com outros acidentes que possam ocorrer. Algumas actividades são variantes de jogos que já devem conhecer, mas com alguns toques que os tornam diferentes, assim como a forma como estes são apresentados e jogados, uma vez que todos uma o antigo comando da Wii.

spin_the_bottle_bumpie_s_party.0_cinema_640.0

Spin The Bottle: Bumpie’s Party é definitivamente um jogo para festas e temos que julgá-lo a pensar nesse aspecto. A realidade é que na atmosfera correcta é bastante divertido e faz exactamente aquilo que se propôs fazer. É também um jogos que melhor utilizar o Gamepad, parecendo vir de pessoas que realmente pensaram em como utilizar o comando da Wii U de uma forma diferente. Como aspecto negativo estão apenas os requisitos necessários para usufruir dele, pois mesmo que tenham uma boa quantidade de Wiimotes à mão, encontrar um grupo e atmosfera perfeita para o jogar pode ser realmente difícil. No entanto quando isso acontece, não existe realmente muito melhor que Spin The Bottle: Bumpie’s Party.

0912'«1920

 

7/10

Tiago Roque

Leave A Comment