Análise Omegalodon

Nem todos os jogos conseguem viver de um bom conceito e a prova disso é Omegalodon. Omegalodon é um jogo 100% online que coloca jogadores divididos  em equipas, uma do lado do monstro Omegalodon que dá nome ao jogo e uma contra ele. O objectivo é simples, se forem Omegalodon vão ter que ir até um reactor e destruí-lo, se forem um soldado da mesma equipa vão ter proteger o monstro. Caso contrário vão ter que tentar derrotar Omegalodon antes de este conseguir cumprir o seu objectivo.

O conceito é interessante e para os amantes de Godzilla e outros filmes da Toho o conceito passa de interessante a genial. Vão ter uma cidade inteira para destruir para chegarem até ao objectivo e como existem umas barreiras que não nos permitem avançar em linha recta, vão ter que destruir muitos edifícios. Infelizmente quase tudo o resto faz com que este conceito nunca atinja todas as suas potencialidades, especialmente no que toca ao equilíbrio entre as duas equipas e ao facto de não existirem servidores cheios.

A experiência de jogo acaba por variar entre se jogam ou não como Omegalodon. Para que consigam atingir o objectivo precisam de ajuda, precisam de outros jogadores que vos ajudem a recuperar vida e o normal nos servidores que encontrei acaba por ser, um jogador na equipa de Omegalodon e dois na outra, o que estraga completamente  a experiência de jogo. Mesmo quando existem realmente equipas equilibradas, o facto de não existir qualquer tutorial ou ajuda ingame, faz com que os jogadores andem perdidos sem saberem realmente o que se está a passar.

Como o jogo tem o fogo amigo activo, mesmo os nossos aliados acabam por nos atacar. Omegalodon possui um ataque em área, o que acaba também por não ajudar uma vez que acabamos normalmente por eliminar tanto o inimigo como o amigo. Exemplos de falhas em pequenos ajustes são demasiados para que possa recomendar Omegalodon, a velocidade dos soldados a pé é demasiada, acabando por ser maior do que quando se deslocam de carro ou helicóptero, basta um míssil para eliminar um inimigo que não seja o Omegalodon, o ângulo da câmara é demasiado acentuado o que não nos deixa ver claramente o horizonte, o que complica ainda mais ver onde está o monstro pois não existe um mapa, o sistema de respawn coloca-nos demasiadas vezes demasiado longe do monstro e em áreas sem transportes, e poderia ficar aqui mais algum tempo a indicar problemas.

770-omegalodon_08

Nenhuma destas falhas é suficiente para arruinar o bom conceito que existe, mas todas juntas fazem de Omegalodon um jogo que simplesmente ainda não está pronto para ser vendido. Existem demasiado poucos servidores e nenhum deles está cheio, o que por si só arruinaria qualquer jogo online, mas é a falta de equilíbrio das equipas nessas situações  que torna este jogo quase injogavel maior parte do tempo. Quanto aos outros aspectos como grafismo e som, ficamos com boa impressão do grafismo colorido e simplista, mas o som é pouco mais que funcional.

5/10

Tiago Roque

Leave A Comment