Análise: Buff Knight Advanced

Buff Knight Advanced apresenta-se como um RPG, mas nunca chega a ser realmente isso. Apesar de bem disfarçado Buff Knight Advanced é um clicker, um daqueles géneros que tem invadido os browsers e os nossos smartphones e tablets e que há alguns developers que teimam em tentar pedir dinheiro por eles. Tudo bem em pedirem alguma compensação e este seria um bom exemplo de um jogo na Steam que devia ser vendido por 1€, mas por 7.99€ há uma lista enorme de melhores opções.

O jogo encontra-se dividido em níveis que se resumem a alguns minutos de derrotar inimigos simples e um boss no final. O irritante é que mesmo com um conceito tão simples, Buff Knight Advanced é demasiado difícil. Tal como em maior parte dos clickers no início somos fracos e temos de derrotar inimigos para melhorar o nosso ataque e defesa para conseguir derrotar os inimigos mais fortes. Como aqui também perdemos vida, isso obriga-nos a repetir o mesmo nível umas 20 vezes antes de conseguir chegar sequer ao boss.

buff-knight
Click click click

 

É com estas melhorias de stats que Buff Knight Advanced se mascara de RPG. Mas não se deixem enganar. Não há qualquer tipo de customização na realidade. Não podemos escolher nada a não ser evoluir o que podemos evoluir. Não há qualquer estratégia escondida por detrás das melhorias que fazemos. Basicamente gastamos o dinheiro que formos ganhando no que podermos gastar.

O resto é um martelar de teclas. Essa é aliás a única coisa que Buff Knight Advanced faz de diferente. Em vez de clicar nos inimigos até estes morrerem carregamos no C para atacar e no V para lançar um feitiço. Podemos premir o C para carregar um ataque mais forte, mas é essa a profundidade da jogabilidade. Por vezes há uns itens que podemos usar que nos recuperam a vida ou lançam um ataque especial e há também poções para a vida e mana. Mas tudo se resume a isto.

ss_f7ed750663157fb8b874482588ccb61122d882f1.600x338

Ao menos num clicker normalmente conseguimos arranjar forma de a personagem atacar sozinha ou melhorar outras personagens que atacam sozinhas. Buff Knight Advanced falha ao ser uma espécie de clicker que não tem funcionalidades idle. Aposta demasiado num grind que não traz recompensa. O melhor que podemos fazer com a jogabilidade que oferece é clicar esquerda e direita quando conseguimos levantar um inimigo no ar, algo que raramente acontece pois o jogo parece não ter meio termo de sobrevivência. Ou somos demasiado fracos para sobreviver o inicio do nível, ou demasiado fortes para chegar ao boss sem dificuldade.

E depois temos os picos de dificuldade. Todo o nível é um ascendente pequeno de dificuldade, mas o boss rebenta a escala. Imaginem terem que repetir um nível 3 ou 4 vezes para conseguir aguentar chegar ao boss, apenas para descobrir que o vão ter que repetir mais 5 apenas para o derrotar. E é no boss que as fraquezas da jogabilidade rapidamente se mostram. Carregar C e V para atacar é relativamente fácil, mas o boss rapidamente no obriga a martelar as teclas das poções e o esquerda direita que aumentam o dano. Na realidade é também a única fase do jogo que não é aborrecida, mas não chega a ser divertido.

Se há algo que Buff Knight Advanced tem de bom é o aspeto visual. Os adoráveis gráficos retro funcionam bem e assentam que nem uma luva. Infelizmente não chega para o tornar bom e merecer de 7.99€.

Tiago Roque

Leave A Comment