Análise: Darkest Dungeon : The Colour of Madness

Darkest Dungeon recebe mais um DLC que consegue trazer ainda mais conteúdo e qualidade a um jogo que já é imenso e recheado de bom conteúdo. The Colour of Madness vem na forma de um cometa azul eléctrico que colide com o mundo do jogo, muito em detrimento de Miller e os agricultores. Configurado como mais uma dungeon no mapa, ele pode ser integrado na campanha em andamento que o jogador esteja a jogar.

A Fazenda em si difere de todos os outros tipos de masmorras das profundezas da casa ancestral do mal. Para começar, há pouca ou nenhuma exploração necessária, o que, após os corredores labirínticos do DLC Courtyard acaba por sentir-se estranho. A luz da tocha é substituída por um brilho azul das peças cristalinas do cometa, e a parte superior direita do ecrã é o lar de uma nova barra de progresso que é preenchida enquanto se destrói as pobres almas que foram transformadas pela estrela azul.

A primeira quest na Fazenda é uma experiência controlada constante, oferecendo a apenas uma amostra do perigo que nos aguarda. A segunda viagem coloca-nos contra o primeiro boss e depois mostra-nos o Endless Horde Mode. Por muito que eu goste do combate de Darkest Dungeon, jogar exclusivamente o combate infinitamente sem a exploração do calabouço torna-se rapidamente aborrecido. Durante o modo infinito, o cometa é livre para alternar entre tipos de inimigos. Depois de matar um certo número de monstros, denotado por uma marca no medidor, o jogador é transportado através do tempo e do espaço para uma sala com uma curiosidade. Ao contrário da benevolência tingida pelo mal que a maioria das curiosidades confere, quase todas as curiosidades da Fazenda são efeitos positivos, servindo para curar um ou mesmo todos os membros do grupo.

Tão azuis e brilhante quanto o próprio cometa, os fragmentos abrem novos caminhos dentro do Homestead. Tanto o Trinket Cart quanto o Hero Wagon têm formas alternativas; o primeiro se torna um joalheiro que vende algumas bugigangas , enquanto o segundo concede acesso a heróis de alto nível.  Enquanto as recompensas, especialmente as bugigangas, são algumas das melhores do jogo, o Endless Combat of the Farmstead não é o que eu venho para o Darkest Dungeon. Eu acredito que o jogo funciona melhor quando ele cria tensão através da exploração das várias masmorras e esta nova mecânica parece uma artimanha para aumentar a longevidade do jogo.

Tiago Roque

Leave A Comment