Análise: Pascal’s Wager: Definitive Edition

Antes de começar convém realçar que dado que o jogo Pascal’s Wager já foi analisado aqui no ComboCaster e como é normal fazer aqui, esta análise irá incidir principalmente naquilo que é novo ou diferente nesta versão e não nas ideias base do jogo. Para saberem um pouco mais sobre Pascal’s Wager e sobre a sua versão Android ou iOS podem clicar aqui.

Pascal’s Wager é um jogo com inspiração na série Souls e teve o seu lançamento original nos dispositivos móveis iOS e Android. Isto poderia ser o primeiro sinal de que podemos ignorar o jogo, mas Pascal’s Wager destacou-se nessas plataformas por ser um jogo bastante tradicional que simplesmente se jogava num smartphone. Não existiam aqui nenhuns dos muito conhecidos problemas dos jogos mobile e Pascal’s Wager acabou por se tornar uma agradável surpresa. Apesar disso não deixa de ser um jogo que chega agora a uma plataforma mais exigente e onde se pede normalmente mais.

Aquilo que irá saltar mais à vista é que visualmente Pascal’s Wager: Definitive Edition não impressiona no PC. Estamos a falar de um jogo projetado para dispositivos móveis e os gráficos de Pascal’s Wager são um pouco desatualizados no PC. Aquilo que fica mais evidente agora é a falta de variedade, com a mesma paleta de cores a estar presente em quase todas as áreas do jogo, enquanto as exceções provam que a variedade é bem possível. As excepções à regra apresentam cores vivas e quentes que são um alívio bem-vindo dos verdes e azuis opacos da maior parte do jogo. Fora isso, o design visual é bom, com alguns bosses de aparência interessante e uma boa variedade de designs de inimigos. A banda sonora e os efeitos do jogo são realmente bons e apenas ficam melhores com esta transição.

Além de visualmente ser um pouco pobre, não há grande explicação para não ser um jogo perfeito em termos de performance. O jogo tem algumas quebras de fluídez que não deveria ter. Felizmente um aspeto que melhora muito em relação à versão mobile é a jogabilidade. Se jogarem a versão mobile, especialmente sem qualquer gamepad a ajudar, vão retirar muito menos diversão do jogo do que aqui. Pascal’s Wager brilha mais quando o jogador entra nos seus níveis extensos, abrindo caminho através dos inimigos. O combate é desafiador e recompensador, embora tenha alguns recursos menos do que ideais. As hitboxes em alguns ataques inimigos e o facto de que tanto jogadores quanto inimigos poderem atacar através de paredes sólidas, por exemplos.

Pascal’s Wager: Definitive Edition está longe de ser um jogo tão impressionante no PC como foi em mobile. Esta versão é em tudo melhor. Joga-se melhor e tem melhor aspeto definitivamente, mas aqui é preciso comparar este jogo com toda a concorrência que aqui existe. Pascal’s Wager: Definitive Edition é bom, mas será melhor que algum dos jogos da série Dark Souls ou Nioh por exemplo? No entanto se Soulslike é o vosso género do momento, podem perfeitamente dar uma olhada a Pascal’s Wager: Definitive Edition, já que é um jogo bem competente, mas pessoalmente optaria por jogar em mobile, nunca em alternativa, mas em complemento.

Tiago Roque

Leave A Comment