Antevisão: Going Medieval

Going Medieval é um simulador de colónia ainda em acesso antecipado mas surpreendentemente divertido quando temos em consideração o pouco que ainda está implementado. Não por ser tão pouco ao ponto de neste momento ser pouco mais do que uma demo, mas quando temos em mente o conteúdo que normalmente encontramos neste tipo de jogos então sim, sabe ainda a pouco. Mas também sabe a pouco porque tudo aquilo que está presente neste momento é realmente bom. É como se os seus criadores tivessem em mente que apenas deve estar na versão pública aquilo que está perfeito.

A criação e construção é um dos aspetos que mais se destacam. Tudo trabalho em 3D, é realmente interessante a capacidade que o jogo dá ao jogador. Além disso tudo no jogo é realmente profundo. Não se trata apenas de construir uma adega por exemplo, é preciso ter em consideração a temperatura por exemplo. Uma habitação pode aquecer demasiado se for construída com apenas um piso e assente no chão, mas se construirmos uma cave e melhorarmos as parede tudo se pode tornar mais confortável.

Até a mecânica rudimentar de defesa de torre é agradável e é uma das poucas mecânicas que parece ter sido implementada apesar de estar incompleta. Por vezes somos atacados por ondas crescentes de inimigos, com os próprios inimigos a irem variando entre eles, com estratégias e preocupações diferentes. O combate é também um pouco complicado, mas quase sempre é em jogos do género. Going Medieval também dá uma ideia de progressão convincente ao jogador. Aos poucos tudo se vai compondo e apenas damos conta quando pensamos daquilo que estávamos a fazer há apenas algumas horas.

Aquilo que Going Medieval mais mostra neste momento é potencial para criar algo realmente diferente dentro do género e aquilo que está aqui presente são migalhas ou sementes de algo que se pode tornar memorável. Não é um jogo que nos guia de forma incansável ao ponto de parecer um tutorial do início ao fim. Muito pelo contrário até, quase parecendo um sandbox. Não há grande coisa que tenha feito no jogo que me tenha sido imposto, apenas o fiz porque me pareceu ser a resposta correta a um problema que estava a ter ou que fosse vir a ter no futuro.

Apesar de todos estes pontos a favor, há muito para fazer ainda aqui. Going Medieval está constantemente a receber atualizações mas precisa urgentemente de melhorar o combate. Pessoalmente não gosto de jogar estes jogos em acesso antecipado como se fossem jogos finalizados. Acho que isso iria fazer com que me farta-se do jogo muito antes de ele mostrar o melhor de si, no entanto recomendo vivamente a compra de Going Medieval. Não tenho grandes dúvidas de que será muito bom no final e se apoiarem o desenvolvimento desta forma irão garantir que assim será.

Tiago Roque

Leave A Comment