Análise: Hyrule Warriors: Age of Calamity – Pulse of the Ancients

Hyrule Warriors: Age of Calamity é muito bom, construindo nas bases do seu antecessor e criando um dos melhores jogos da série Warriors. Agora o jogo começou a receber os primeiros DLCs, com o primeiro, Pulse of the Ancients a focar-se quase inteiramente no grind do endgame e sidequests. Há muito conteúdo aqui, mas nem todo ele tem a qualidade do jogo base.

A maior parte do conteúdo de Pulse of The Ancients concentra-se nas experiências de tecnologia ancestrais de Robbie e Purah. O jogador irá recolher dados e matérias-primas enquanto luta em batalhas contra monstros poderosos. Existem novos equipamentos e uma nova personagem. O DLC em si apresenta uma dose de dificuldade maior do que o jogo base e ao focar-se essencialmente no combate acaba por evidenciar os longos tempos de carregamento do jogo.

O conteúdo do DLC é muito focado no desafio final e se jogaram o jogo base logo quando ele saiu e estão agora a voltar apenas pelo DLC, podem sentir algumas dificuldades com a dificuldade do jogo. Não que seja frustrante, mas é um pouco punitivo se estiverem um pouco inferrojados. Os Vicious Monsters em particular irão fazer-vos em picadinho se não tiverem cuidado. Estes são monstros bosses com estatísticas melhoradas e habilidades avançadas e se acabaram de jogar o jogo irão adorar o desafio que eles apresentam.

Além disso existe uma série de recompensas desbloqueáveis e também existem melhorias para todos os poderes Sheikah Slate. Uma das novas armas é um mangual que recompensa a experimentação e o risco, representa também uma alternativa ao antigo sistema de quebra de armas. Esta arma permite copiar armas que quebram rapidamente, mas ficamos com o mangual na mesma depois. Isto permite alternar constantemente de armas, sendo uma novidade muito interessante.

Pulse of the Ancients não é aquilo que eu consideraria obrigatório. Nem sequer conheço muitos DLCs que o sejam, mas se acabaram o jogo e procuram um desafio este DLC oferece isso mesmo. Em Novembro iremos ter acesso a mais conteúdo que pode focar-se em aspetos diferentes, por isso têm algum tempo para treinar e jogar Pulse of the Ancients para preparar as vossas habilidades.

Tiago Roque

Leave A Comment