Análise Yu-Gi-Oh! 5D’s Decade Duels Plus

Yo-Gi-Oh nunca foi muito interessante para mim. Quando passei algumas tardes a jogar Magic the Gathering já conhecia o seu concorrente, Yo-Gi-Oh mas nunca tive muito interesse. Ao contrário de Magic que aprendi a jogar com outros jogadores, Yu-Gi-Oh aprendi num dos muitos jogos já lançados as suas bases, portanto não sou nenhum estranho ao jogo. Juntamente às cartas Yu-Gi-Oh é também um manga e anime com muito sucesso. No mundo dos jogos nunca teve um lançamento muito grande. Nenhum dos jogos já lançados são minimamente tão interessantes como os últimos Magic the Gathering, mas isso podem ser os meus gostos a falar mais alto. Será 5D’s Decade Dual Plus apenas para os fãs ou poderão outros jogadores aproveitar este novo jogo de cartas?

A história não é muito interessante. É para os fãs, para os outros não tem qualquer interesse, mas vamos lá. Se seguem a série podem reconhecer que a história se passa durante a Fortune Cup e vão jogar com uma personagem não relacionada com a série a que podem dar o nome. São depois cumprimentados por Rex Goodwin que vos contam sobre o torneio em que vão entrar. Infelizmente pouco há do que isto. Neste aspecto é um jogo bastante aborrecido. Sinceramente acho que seria melhor deixar a história completamente de lado e focarem-se melhor no resto do jogo que diga-se a verdade, é bastante fraco tal como a sua história. É daquelas poucas ocasiões em que preferia gastar o triplo em cartas e jogar o jogo como este foi realmente pensado.

Em cada torneio que começam, vão começar pelas fases preliminares em que vão combater contra outros três jogadores controlados pela IA. Como é óbvio vão ter que os derrotar para poderem avançar e quando o conseguirem irão entrar na fase a eliminar como em qualquer torneio de futebol ou outro desporto qualquer. Se vencerem a final irão como é óbvio vencer o jogo e caso percam em qualquer uma das eliminatórias irão voltar ao inicio e terão de repetir tudo isto outra vez. Infelizmente caso vençam também terão que repetir tudo isto outra vez porque infelizmente não existe nada mais que o jogo possa oferecer. Podem repetir este torneio, ganhar novas cartas e melhorar o deck. Mesmo que seja um jogo de cartas não posso deixar de sentir que havia bastante mais por onde melhorar e outras funcionalidades a implementar. No inicio o nosso deck é fraco e contem apenas uma ou duas cartas decentes. Quem já jogou um jogo do género na vida real sabe que os decks iniciais são sempre fracos e que a diversão e competição só começa quando constroem o vosso deck ou copiam um que encontrem na net. Quando ganham uma batalha vão ganhar uma série de cartas, dependendo de como se portaram durante o jogo e que são adicionadas à vossa liberaria de cartas. Além destas que ganham podem comprar boosters no Xbox Marketplace com Microsoft Points, ou seja dinheiro real, que infelizmente são bastante caros. Sendo este tipo de jogo, o tipo em que normalmente queremos sempre mais e melhores cartas, é completamente normal que sintam a tentação de comprar alguns boosters, mas este preço não ajuda.

No que toca à jogabilidade 5D’s Decade Duels Plus também é medíocre. Os combates são tão lentos ou rápidos quanto quiserem e não têm tempo limite. No que toca a singleplayer isto não é propriamente um problema, uma vez que normalmente podemos demorar algum tempo a decidir o que fazer com uma carta. Os adversários podem ser bastante difíceis e um erro acaba normalmente em derrota. Há um tutorial bastante completo para os novatos, mas se não percebem minimamente o jogo preparem-se para ser humilhados por um mero jogador controlado pela IA. O tutorial implementado pela Konami é decente mas não faz milagres. Este é sem duvida um jogo para os jogadores mais experientes.  Os modos multiplayer existem, mas tal como muito jogos pouco populares da PSN está às moscas e encontrar com quem jogar pode ser um desafio tão grande quanto os adversários. Se encontrarem alguém para jogar correm ainda o risco do vosso adversário abandonar e terem que procurar outro novamente. Este problema é frustrante por duas razões. A primeira é porque encontrar outro adversário é um problema e o segundo é que nem sempre recebem uma vitoria.

Os fãs vão sem duvida gostar de 5D’s Decade Duels Plus. É desafiante e relativamente prático de jogar. Infelizmente as cartas são bastante caras o que pode afastar muitos dos jogadores interessados. Os outros vão-se afastar por outras razões, como má arte das cartas, musica repetitiva e alguns problemas da jogabilidade que por vezes simplesmente é errada por alguma razão. O design dos menus é também bastante pobre e parece datado. Para os outros jogadores que nunca ouviram falar de Yu-Gi-Oh, só viram o anime ou têm curiosidade, não recomendo de todo este jogo. A curva de aprendizagem é grande, a dificuldade é brutal para principiantes e na verdade o jogo pouco oferece. Sim podem prolongar o ciclo de torneios eternamente, mas não há realmente mais nada para fazer. Começam um torneio, ganham algumas cartas, melhoram o deck e voltam a fazer um novo torneio e é isso. É um jogo para os fãs e mesmo para esses aconselho alguma cautela, pois o jogo tem alguns defeitos estruturais que podem estragar a experiencia mesmo para os veteranos.

Tiago Roque

Leave A Comment