Análise Cubemen

Aqui no Combo Caster gostamos de jogar de tudo e apesar do género Tower Defense já ter passado várias vezes por aqui, Unstoppable Gorg, Defenders of Ardania, mas há sempre espaço para mais um. Cubemen poderia ser descrito como mais um Tower Defense mas uma série de inovações e o grafismo diferente consegue ser uma característica que o consegue diferenciar da concorrência. Aqui não há torres no sentido normal da palavra. As nossas torres são soldados,cubemen, que criamos com o sistema habitual, utilizando os pontos que ganhamos ao destruir os inimigos. Como as torres são soldados podemos move-los e colocá-los onde forem mais necessários. Logo podem ver que Cubemen não é um Tower Defense puro mas sim um híbrido de TD com RTS, com modos tanto single player como multi-player. O grafismo é simplista, sem texturas mas funciona bastante bem e faz com que o jogo corra de forma bastante fluida em qualquer maquina. O mapa flutua num fundo negro e o próprio mapa são apenas quadrados cinza. As unidades são de apenas uma cor, uma cor para o inimigo e outra para o jogador, sendo possível customizar as unidades.

Os menus não muito apelativos e não é óbvia a sua função vezes, lembrando os jogos da geração passada neste aspecto. A velocidade de jogo por exemplo é mostrada num semicírculo e uma barra que dificilmente é reconhecível antes de se usar. O menu inicial também é muito sobrecarregado, contrariando o design simplista que a Three Sprockets utilizou no resto do jogo.

Pessoalmente fiquei um pouco desiludido por não existir qualquer campanha a solo, apenas uma série de mapas que podemos jogar e tentar bater as pontuações de outros jogadores. Há três modos diferentes, Defense, Skirmish e Mayhem. Defense é o modo tradicional, semelhante aos outros jogos do género, com a única diferença o facto de as torres serem soldados, cubemen. Skirmish é semelhante à jogabilidade de Defenders of Ardania. Jogamos contra um adversário, humano ou IA, que tenta colocar um certo numero de unidades na nossa base enquanto tentamos fazer o mesmo. Apenas podemos colocar “torres”, havendo unidades com “spawn” automático que se movem para a base inimiga. Como podemos colocar as nossas unidades em qualquer zona do mapa o nosso adversário irá tentar controlar a nossa base, para impedir as nossas unidades de avançar. É um dos melhores modos de Cubemen, especialmente se for jogado contra um adversário humano. Mayhem é um modo online para até seis jogador que segue a mesma premissa.

 

Tal como em Defenders of Ardania há o risco de partidas ilimitadas uma vez que os dois jogadores estão na mesma situação e caso joguem de forma muito semelhante o jogo prolonga-se demasiado. Não há muito mais para falar sobre Cubemen, apesar de sentir a falta de uma campanha, se considerar-mos que Cubemen também foi lançado para iOS e o seu preço é uma falha fácil de ignorar. A fluidez, grafismo e intensidade de jogo criam uma experiência gratificante, especialmente quando jogado com outro jogador humano. A inovação não é enorme mas é suficiente para distanciar Cubemen da concorrência e para quem gosta do género tem aqui uma proposta de peso tanto para PC como para iOS, pois o formato móvel assenta-lhe muito bem.

 

7/10

Tiago Roque

Leave A Comment