Análise Endless Space

Os jogos de estratégia não estão propriamente entre os meus favoritos. Com isto não quero dizer que não goste de muitos dos que já joguei. Infelizmente não sou propriamente bom neles e acabo por preferir jogar apenas o singleplayer normalmente e mesmo aí encontro facilmente algum desafio, principalmente com jogos 4X como Civilization. Endless Space é um 4X espacial, de grande qualidade, com boas mecânicas de jogo e grafismo.

Se pudesse comparar Endless Space a qualquer outro jogo seria a Sword of the Stars. Um dos melhores 4X espaciais dos últimos anos, com óptimo design nas suas naves. Mesmo sem fazer tudo exactamente igual, Endless Space consegue ter uma qualidade similar e  um design das naves tão bom ou até melhor. Além disso este consegue um óptimo efeito surpresa graças ao pouco marketing e desconhecimento geral sobre o jogo.

Endless Space não tem apenas um bom grafismo e design de naves, tem também aquela que é provavelmente a melhor interface num jogo do género. Se pensarmos realisticamente os jogos 4X são dos jogos mais complexos que existem, ou pelo menos são aqueles que mais potencialidade têm para o serem. No entanto são também aqueles que pior interface têm, o que torna tudo ainda pior. É normal eu querer fazer algo e o jogo simplesmente ter a opção que eu quero escondida num recanto obscuro na sua interface, ou então pior, sendo preciso percorrer uma longa série de passos para conseguir fazer o que quero.

Felizmente Endless Space não é assim. Tudo é simples. Se jogaram Crusader Kings reconhecem aqueles menus relativamente complicados que temos que consultar para saber as coisas mais simples sobre uma cidade. Aqui para saber algo sobre uma das nossas colónias temos apenas que passar o rato por cima desta e o jogo encarrega-se de nos mostrar de forma bastante organizada tudo o que precisamos de saber e isso é apenas o principio, pois à medida que jogam irão ver como tudo é simples, ao mesmo tempo que o jogo se mantém tão complexo como qualquer outro 4X.

Onde Endless Space fica um pouco atrás da concorrência é no combate. O combate é divido em três fases e tira partido dos vários tipos de armas que existem. Todas as naves são customizéveis, portanto devem tentar ter um pouco de cada tipo de arma, pois se apenas se focarem nos misseis por exemplo, que são apenas indicados para combate a longa distancia irão ter dificuldades.

EndlessSpace-2

Durante cada fase irão poder dar uma ordem e novas ordens irão ficar disponíveis com heróis de nível mais alto e à medida que evoluam a árvore tecnológica. O combate funciona de forma semelhante a um jogo de cartas, tendo cada carta normalmente tanto efeitos positivos como negativos. Por exemplo para aumentar o ataque irão sacrificar a defesa e vice versa, funcionando basicamente num sistema pedra papel tesoura em que certas habilidades têm um oposto que as cancela.

Endless Space é um dos melhores jogos do género que joguei. O único defeito que encontrei é sem duvida o combate que é demasiado simples quando comparado com o restante. Novamente volto a dizer que não sou o melhor jogador de jogos de estratégia que anda por aí, muito pelo contrário, portanto os veteranos do género podem ter uma opinião diferente da minha, mas penso que não será muito diferente.

9/10

Tiago Roque

Leave A Comment