Análise Série Street Fighter II

A Capcom sempre teve uma forma bastante estranha de lançar os seus Street Fighter. Podemos deixar de fora o primeiro jogo, que passou praticamente despercebido a toda a gente, mas depois temos a história dos lançamentos de Street Fighter II. O segundo jogo da série foi um enorme sucesso e os fãs queriam obviamente um Street Fighter III que acabaria por chegar em 1999 para a Dreamcast, mas até lá os fãs receberam uma enorme quantidade de jogos da série, normalmente com o numero dois atrás.

Street Fighter II foi também um dos jogos mais influentes de sempre, praticamente criando um género de jogos de combate. Obviamente não criou o género, até porque este é o segundo jogo da série mas popularizou-o nas arcadas e consolas caseiras, abrindo caminho para os excelentes jogos que temos hoje em dia, Street Fighter IV, Tekken, Soul Calibur, entre outros. Muitos dos conceitos que aceitamos como padrão actualmente foram introduzidos por Street Fighter II como as habilidades especiais e personagens diversificadas cada uma com um estilo de jogo diferente.

Infelizmente a Wii U ainda não tem um catálogo notável neste género, o que torna estes clássicos ainda mais atraentes.

Três desses jogos, Street Fighter II: The World Warrior, Street Fighter II Turbo: Hyper Fighting e Super Street Fighter II: The New Challengers foram agora lançados para a eShop da Nintendo em toda a sua glória. Cada um destes jogos tem um ponto forte, um tem o maior numero de personagens, outro a melhor jogabilidade mas no geral são todos jogos soberbos, pelo menos pelos standards da altura em que foram lançados. Seria um pouco injusto compará-los aquilo que jogamos actualmente mas estes são três exemplos do melhor que foi lançado para a antiga SNES, são parte da história da Nintendo e dos seus anos dourados em que dominava a industria sem grande competição.

Com todos os jogos disponíveis na eShop é também difícil recomendá-los todos, a não ser por motivos de colecção que por esta altura já deviam ter se realmente gostam de Street Fighter, portanto resta recomendar a melhor versão. Super Street Fighter II: The New Challengers é sem duvida a versão definitiva de Street Fighter 2, melhorando o que havia para melhorar sem influenciar negativamente o que já estava bem, ficando no equilíbrio perfeito.

Todos os jogos agora disponíveis na eShop foram importantes na altura do seus lançamento, cada um sendo melhor que o anterior, razão pela qual apenas vale realmente a pena adquirir o ultimo. Se por outro lado lembram-se de ter jogado uma destas versões no seu lançamento original então podem agora por um preço reduzido experimentar uma das outras que não tiveram o prazer de jogar.

Street Fighter II: The World Warrior

7/10

Street Fighter II Turbo: Hyper Fighting

7.5/10

Super Street Fighter II: The New Challengers

8.5/10

Tiago Roque

Leave A Comment