Análise Professor Layton and the Azran Legacy

A série Professor Layton foi um verdadeiro sucesso na DS original e apesar da pouca evolução ao longo dos anos, mantém-se com boas vendas e teve até direito a um filme de animação. A minha experiência na série é semelhante ao seu sucesso. A trilogia original tem alguns dos meus títulos favoritos da antiga consola da Nintendo, contendo todos os elementos que eu consideraria os melhores trunfos da DS. Não conta com grandes doses de acção e a falta de analógico na DS original não a tornava realmente apelativa a grandes doses de adrenalina.

Felizmente conta com outros elementos que compensam isso. A história é magnifica em todos os jogos da série, misturando fantasia com a realidade. Normalmente tudo começa com uma história que parece fantástica e cheia de magia e fantasia, mas acaba por ter uma explicação bem realista. O Professor Layton é um verdadeiro Sherlock Holmes e o seu companheiro e aprendiz Luke pode ser comparado a Watson. Acompanhando o diálogo muito bem escrito estão algumas das melhores sequências de animação que vão encontrar numa consola portátil, juntamente com uma componente audio recheada de boas performances. Esta é a sexta aventura de Layton e passa-se após os acontecimentos de Miracle Mask, seguindo Layton, Luke e Emmy na sua viagem à cidade de Snowrassa para investigar a descoberta de uma rapariga em estado radiogénico.

Esta rapariga está viva, chama-se Aurora e não se lembra de nada. Além de tentarem ajudar Aurora, o grupo tem também que ter cuidado com um grupo rival que tenta descobrir o tesouro de uma civilização perdida. É novamente uma história muito bem conseguida, acompanhada por sequências animadas do melhor, algo que a Level-5 já nos habituou. Não são pequenas sequências ao estilo anime a que estamos habituados em muitos jogos vindos do Japão, mas sim fantásticas cutscenes num estilo muito próprio que não param de impressionar. O próprio filme que faz parte da série não tem melhor aspecto que as podemos encontrar aqui.

Se jogaram os anteriores já sabem com o que podem contar. Não há nada de realmente novo além da história. Não existe nada de novo praticamente desde que a série se estreou. Esta pequena estagnação em termos de mecânicas é compensada sempre pela boa execução geral e nova história, mas poderia existir um maior cuidado a criar novos puzzles. O progresso do jogo mantém-se praticamente inalterado. O jogador irá ter que explorar os vários cenários à procura de pistas e a resolver puzzles. Os puzzles são o verdadeiro foco da jogabilidade e continuam desafiantes e diversificados como sempre.

image_54590_thumb_wide610

Muitos destes puzzles são actualizações daquilo que já conhecemos de jogos anteriores e existem alguns problemas com as descrições e regras, mas no geral estamos num dos melhores jogos da série.Os puzzles de Azran Legacy são mais variados e divertidas de resolver do que os dos jogos anteriores da série. Há problemas menos matemáticos neste jogo , substituídos por enigmas e puzzles que exigem pensamento inteligente, mas não necessariamente de mais tempo para resolver.

Ao contrário dos lançamentos anteriores da série , onde Layton e Luke estão num local gigantesco a tentar resolver um grande mistério, aqui estamos constantemente a trocar de local, o que traz uma nova dimensão à série. Azran Legacy é uma experiência fantástica em geral que irá manter os jogadores entretidos com os seus puzzles brilhantes , personagens peculiares e banda sonora incrível. O jogador pode continuar a linha que é proposta e jogar apenas a história principal, mas há muito para explorar, com puzzles para resolver e coleccionáveis para encontrar.

professor_layton_and_the_azran_legacy_2

Azran Legacy é uma aventura épica na forma de um livro de puzzles bem concebido. Contém puzzles inteligentes e no geral tem uma maior dimensão que os restantes. Em parte é mais do mesmo, não há grandes inovações, mas a execução é fantástica, o grafismo mostra todas as qualidades da 3DS, incluindo um bom uso do 3D e as sequências animadas são realmente detalhadas e óptimas de se ver. O uso de alguns puzzles cronometrados são usados em sequências de acção, algo que dá alguma tensão a alguns momentos do jogo e é uma novidade bem vinda.

Se jogaram os anteriores então não podem perder Azran Legacy, mesmo que seja mais do mesmo. Caso contrário, esta é uma das melhores aventuras da série e se gostam de puzzles é um bom jogo para entrarem na série Professor Layton. É sempre preferível que já tenham jogado algum dos jogos anteriores, especialmente aquele que está directamente relacionado a este, mas caso não tenha acontecido, a experiência de jogo não sofre realmente com isso, pois a história está bem contida apenas em Azran Legacy e apesar da qualidade da história é a resolver puzzles que passamos maior parte do tempo e para isso não precisam de qualquer conhecimento dos jogos anteriores.

8.5/10

Tiago Roque

Leave A Comment