Análise Air Conflicts: Vietnam

Air Conflicts: Vietnam faz uma coisa bem, sabe o que é. Este jogo da bitComposer diz ser arcade e realmente é. O único realismo que podemos encontrar vem da sua história, passada na guerra do Vietnam. Infelizmente em tudo o resto apenas acumula problemas atrás de problemas. A começar pelos controlos. O esquema rato e teclado é completamente inútil e mesmo utilizar o comando da Xbox 360 não funciona como gostaríamos, tendo um esquema de teclas demasiado invulgar e pouco familiar.

O jogo começa com um tutorial decente que nos ensina a controlar aviões e helicópteros. Há uma infinidade de aviões para escolher, mas em cedo nos cansamos de os voar devido à repetição das missões e interrupções constantes. Cada missão é dividida em várias cenas menores. Muitas dessas cenas são mal concebidos e tão curtas que causam uma quebra constante da acção. Air Conlict usa uma mecânica engraçada em que podemos trocar entre aviões. Infelizmente os aviões do nosso pelotão servem apenas para isso mesmo, servirem para trocar-mos quando necessário pois a IA é completamente inútil.

Mesmo nos jogos do género mais arcade é possível controlar a velocidade, menos em Air Conflicts: Vietnam. Podemos aumentar um pouco a velocidade durante uns segundos e abrandar, mas nenhuma forma de realmente controlar a velocidade. Os combates são o melhor aspecto do jogo e mesmo esse tem problemas. No que toca aos aviões está ao nível dos restantes jogos da série, mas no que toca a helicópteros este é um jogo que opta por questionar as leis da física. Lembram-se de eu ter referido os controlos do jogo? Bem, os controlos são tão maus que permitem por exemplo inclinar o helicóptero para a frente e voar para trás.

A repetitividade e a falta de imaginação dos níveis e design de jogo , no entanto, são mais difíceis de perdoar. O jogo apresenta modos multiplayer que , em teoria, tornariam questionar a IA um problema menor mas encontrar servidores para jogar é uma missão impossível. Os gráficos nunca são um grande problema na minha opinião, desde que se mantenham dentro dos padrões dos últimos anos dentro do género em que encontra. A jogabilidade e história são aquilo que separam um bom de um mau jogo. Mas Air Conflicts: Vietnam apresenta-se com um visual que faz lembrar a fase inicial da PS3 ou até final da PS2.

air-conflicts-vietnam-031280x799jpg-acb010

Felizmente a história consegue ser interessante. Se tiverem paciência suficiente para ignorar os restantes problemas vão chegar à conclusão que a história consegue ligar bem todo o jogo, mas esse é realmente o único ponto decente juntamente com o combate quando se consegue fazer os controlos funcionarem. Air Conflicts: Vietnam simplesmente, não é um bom jogo. Nunca deveria ter sido lançado no seu estado actual, apresentando uma falta de polimento como nunca vi na bitComposer.

Tal com os jogos anteriores da série havia muito aqui para fazer renascer este género, até uma história digna que mostra a realidade da guerra do Vietnam. Infelizmente cedo vemos que não é este o jogo que vai trazer o género de novo para a glória que já teve. Os controlos quebrados, grafismo datado e mau design tornam esta uma experiência a evitar.

4/10

Tiago Roque

Leave A Comment