Análise Slender The Arrival

Slender foi um sucesso enorme e ser gratuito ajudou bastante. Durante semanas toda a parte do YouTube focada em jogos tinha vários vídeos sobre este jogo. É um jogo simples, com o jogador a ter que explorar uma área bastante pequena à procura de páginas de um diário. Apenas temos uma lanterna para podermos ver o caminho e o único inimigo é Slenderman, uma figura aterradora que aparece de vez em quando e que nos faz gritar e correr na direcção contrária.

Então foi uma questão de tempo até aparecer uma sequela mais comercial e aqui está ela, com um grafismo bem melhorado, um Slenderman mais inteligente e agora existe até uma história, mas continua a ser simples e curto e neste caso penso que seja o mais indicado, pois quem queria uma sequela gostou do que viu no primeiro jogo. Como os melhores jogos de terror , é uma questão de sobrevivência . Aqui temos que nos mover através de uma variedade de ambientes claustrofóbicos sombrio, enquanto somos perseguidos por Slenderman.

Slenderman é realmente um perigo agora e não apenas uma figura que se olhar-mos demasiado para ela no faz perder o jogo. Agora ele pode-se mexer e vê-lo só tem uma reacção possível, trocar de direcção e fugir. Mas isso não o para e pode acontecer virarmos-nos para confirmar e vê-lo exactamente à mesma distância. Com um uso subtil de musica este jogo não é bom para pessoas com problemas cardíacos, mas para o aproveitarem em todo o seu esplendor devem jogar de noite, sozinhos e com headphones.

Slenderman não é a única coisa que o jogador tem que se preocupar. Depois do nível da floresta , que é um remake da área do jogo original, vamos ser perseguidos por outro ser igualmente aterrador. Para os mais destemidos existe ainda um modo hardcore que tem uma quantidade finita de bateria na lanterna , os inimigos mais agressivos e tudo isso apenas para ver um final alternativo. O objectivo continua a ser o mesmo, temos que executar tarefas como recolher um determinado número de documentos mas há alguns novos como activar geradores. Tal como no original, à medida que vamos avançando o inimigo fica mais agressivo e as aparições tornam-se mais frequentes. É um jogo difícil e aterrador sem duvida em que atmosfera é apenas o aperitivo para os “jump scares”.

slender-the-arrival_promo_nov19_01

Graficamente The Arrival é bem melhor que o original, com boa iluminação e um efeito de filme granulado que aumenta a sensação de filme de terror , e sempre que o Slenderman está próximo, o HUD que imita uma câmara de vídeo distorce e treme. Existem até algumas cenas diurnas que quebram a acção e nos ajudam a descontrair um pouco. A história, contada através de documentos e outras pistas no ambiente é bem escrita mas não é razão para jogar novamente. Este é realmente o jogo ideal para jogar uma vez. É uma experiência única que todos podem aproveitar. É barato o suficiente para isso e a longevidade é também propicia a sessões únicas de jogo.

7.5/10

Tiago Roque

Leave A Comment