Análise: OlliOlli

OlliOlli desconstrói o género e cria uma experiência de jogo bastante mais simples e minimalista. Não há qualquer tipo de realismo, sendo este um jogo completamente arcada. O objectivo aqui é conseguir combos o maior possível e completamente irrealistas. Mas por essa razão, este é provavelmente o melhor jogo de skate alguma vez feito e um dos que captura melhor a essência do desporto juntamente com os primeiros Tony Hawk.

OlliOlli não tem grandes gráficos ou um grande orçamento, apesar de oferecer um grafismo 2D bastante agradável. Utiliza uma perspectiva sidescroll para criar uma serie de níveis coloridos , onde todos os obstáculos e oportunidades para truques se realçam no cenário. À medida que os nossos combos vão aumentando de complexidade as pontuações também.
1321be004512cd2c324731441501004d-20130613-0028

Quanto mais longo maior será o multiplicador mas também mais difícil será de manter essa pontuação. Para que os pontos sejam contabilizados é preciso “aterrar”. Aquilo que mais distingue OlliOlli de outros jogos de skate é que aqui não basta deixar o skate tocar no chão direito para nos mantermos de pé. O botão X é utilizado para ganhar velocidade e para preparar o impacto no chão depois de um salto.

Para piorar as coisas, uma queda acaba com o nível e obriga-nos a recomeçar. Mas a jogabilidade é bastante viciante e apesar de termos de repetir alguns niveis bastantes vezes nunca se torna uma experiência frustrante. É possível usar praticamente tudo nos níveis para pontuar. Todos os truques que fomos conhecendo de outros jogos do género são possíveis de usar aqui.
182318

Os controlos são simples e com recurso à lista de truques conseguimos facilmente aprender novos truques. Para fazer grind nos muros por exemplo temos que usar o mesmo botão que usamos para aterrar, com os truques a serem accionados com as teclas de direcção que carregamos antes. Como já referi o grafismo é realmente simples, sendo o único luxo alguns feitos de partículas ao fazer truques.

Cada nível é variado e tem uma serie de objectivos que temos de completar para desbloquear os níveis seguintes, níveis esses que estão separados em cinco mundos. Interessante é também o modo Daily Grind, um nível diário que todos os jogadores podem tentar mas que irá ter apenas um vencedor. Esse vencedor irá aparecer destacado no dia seguinte. Um dos aspectos mais interessantes é que só podemos tentar uma vez, apesar de o jogo nos deixar praticar quantas vezes quisermos, apenas podemos jogar “a serio” uma vez.
2588567-6579705429-11837

Depois de jogarmos uma vez o do fica bloqueado até o dia seguinte. Esta é uma lição aprendida de Spelunky e que muitos jogos têm adoptado e que funciona realmente bem para aumentar a longevidade. OlliOlli aparece sem grande aparato e deixa realmente uma marca.

Tiago Roque

Leave A Comment