Análise: Galcon Legends

Galcon Legends é um jogo de estratégia e a continuação de Galcon. É um port de um jogo mobile e isso nota-se desde o primeiro momento. É uma tendência atual que eu não consigo realmente compreender uma vez que maior parte destes jogos foram claramente pensados para mobile e apresentam simples lacunas como a própria falta de tooltips. A história é a de um cobrador de dívidas galáctico, mas não é nem o foco nem um ponto importante do jogo. É um elemento secundário e a qualidade da história é pouca. No fundo serve apenas para mostrar um rumo ao jogador e ir introduzindo novos elementos na jogabilidade.

Os combates no entanto são interessantes e um verdadeiro desafio. Sejam combates um para um ou contra vários inimigos sozinho ou com um aliado é sempre um desafio. Quando temos um aliado e nos temos que preocupar com a sua sobrevivência também o jogo torna-se mais complicado ainda e a própria IA não ajuda muito.

ss_ba3d64268c8a3437a72669990494b7d917755bbc.1920x1080

 

Cada nível é composto por uma série de planetas, cada um com um número que representa o numero de naves necessárias para o conquistar. Cada planeta que conquistamos é menos um planeta que o inimigo tem e que podemos usar depois para lançar uma armada, clicando no planeta e numa percentagem de naves que queremos libertar. Cada inimigo usa unidades diferentes e uma estratégia diferente. Alguns focam-se na velocidade, outro no ataque ou resistência. Em termos táticos existem bastantes elementos interessantes e Galcon Legends é um jogo de estratégia interessante, é pena que falhe em muitos aspectos.

Graficamente não podemos esperar muito. É um port de um jogo para tablet e isso é tudo o que é preciso dizer e mesmo em termos sonoros é mediano. No fundo é um jogo que parece fazer sentido em plataformas móveis onde há poucos jogos do género e qualquer um que apareça é bem vindo e Galcon Legends tem alguma qualidade. No entanto no PC onde o género estratégia é rei, há jogos muito, mas muito melhores.

Tiago Roque

Leave A Comment