Análise: Regular Show Fluxx

Fluxx é um jogo de cartas que começa com uma simples regra, ir buscar uma carta ao baralho e jogar uma carta, mas que graças a um tipo de cartas, as cartas de nova regra, vai-se tornando cada vez mais interessante, divertido e complexo com o desenrolar do jogo. Dependendo da versão do jogo e sorte, Fluxx varia entre moderadamente estratégico e completamente aleatório. A sorte é um grande fator em Fluxx, mas com as regras certas podemos ter um bom controlo do jogo.

Além das cartas de nova regra, existem as cartas com ações imediatas, como por exemplo limpar todas as regras, ou ir buscar uma carta de nova regra ao baralho de descarte, os keepers, as cartas que precisamos de jogar para cumprir as condições das cartas de objectivo e os creepers, cartas de nos impedem de ganhar. O objectivo do jogo é portanto conseguir cumprir os objectivos da carta de objectivo em jogo. Escrito parece bem mais complicado do que é realmente.

Brimstone 035

Quem conhece o funcionamento normal do jogo irá portanto querer saber quais as diferenças em Regular Show Fluxx. Obviamente a primeira diferença é o tema. Já tivemos zombies, Cthulhu, Monty Pyton, etc.. e agora temos uma das séries mais populares da Cartoon Network da atualidade. Quem conhece a série irá adorar esta versão do jogo, com cartas que nos fazem lembrar bastantes episódios e elementos da série. É aliás esse o grande ponto a favor desta versão temática e maior ponto forte para justificar a compra.

No que toca ao jogo em si, a primeira diferença que irão encontrar relativamente a Zombie Fluxx ou Cthulhu Fluxx é o numero de Creepers. Existem apenas dois, portanto raramente temos que nos preocupar com eles. No entanto são bem mais chatos que os zombies por exemplo. Estes Creepers tornam o jogo bastante difícil de ganhar depois de aparecerem, pois apenas existe uma baixa quantidade de objectivos que nos permitem ganhar com Creepers e cartas que nos deixam livrarmos-nos destas cartas.

Regular-Show-Fluxx

Com a diminuição de Creepers, aumentou exponencialmente o numero de Keepers e para equilibrar um pouco as coisas apareceram algumas cartas novas. Existem agora regras que limitam o numero de Keepers que podemos ter em jogo. Se um jogador vir que tem apenas dois ou três Keepers e os outros jogadores contam já com seis ou sete, pode considerar jogar uma carta de limita este tipo de cartas a três por exemplo. Convém portanto ir tendo atenção aos Goals que foram sendo jogados para saber quais os Keepers que podemos dispensar.

Existem também mais cartas para roubar Keepers, mais cartas que tornam o jogo mais rápido e até uma forma bem divertida de roubar a mão do adversário jogando papel, pedra, tesoura. Esta é uma versão do Fluxx um pouco aleatória, mas também uma das mais divertidas que joguei. Num momento estamos seriamente a pensar quais os Keepers que precisamos e a seguir estamos a imitar vozes de desenhos animados para conseguir ir buscar cartas extra ao baralho. É a prova de que ainda é possível tornar este jogo mais divertido, mesmo que para tal se sacrifique ainda mais os seus aspetos tácticos. Mas a realidade é que Fluxx sempre foi bastante aleatório, dando preferência à diversão em detrimento de estratégia.

Tiago Roque

Leave A Comment