Análise: Tennis in the Face

Apesar de pecar pela originalidade, a 10 Tons tem no seu currículo uma série de jogos sólidos. Tennis in the Face é mais um destes jogos que pouco mais que um clone de Angry Birds com algumas mecânicas de jogo diferentes e uma temática inspirada no tennis. Obviamente não se pode premiar a originalidade, mas a temática e humor facilmente nos fazem esquecer isso.

Como podem prever pelo facto de ter referido Angry Birds, a mecânica de jogo é muito semelhante. É um jogo casual assente num motor de física razoável em que disparamos um projetil, neste caso uma bola de ténis e temos como objectivo eliminar todos os inimigos no cenário. Existem vários tipos de inimigos e alguns itens no cenário que devemos usar para obter melhores pontuações, assim como diferentes projeteis, mas no geral o jogo é apenas isto.

15708460896_95acf7854b_b

Mas tal como os jogos que lhe serviram de inspiração, é bastante viciante, especialmente se jogado em curtas sessões de jogo na PS Vita pois não é propriamente apropriado para longas sessões de jogo na sala. Não podemos esperar que leve a PS4 ou sequer a PS Vita aos limites, nem esse era um ponto que iria influenciar de qualquer forma esta análise.

É um jogo carregado de humor que é divertido de jogar, que tem níveis suficientes para sentirmos que o nosso dinheiro foi bem gasto e fica por aí. Não é original em nenhum aspeto mas tem uma execução impecável e apesar de não correr qualquer risco tem um humor simples mas divertido que nos mantém interessados em continuar.

Tiago Roque

Leave A Comment