Análise: Hyperdimension Neptunia Re;Birth1

Neptunia é uma série de JRPGs que já por aqui passou no ComboCaster. O conceito central é o da guerra entre as diferentes consolas de jogos e seus fanboys mais ferrenhos, representados e protegidos por deusas que exigem a lealdade para oferecer os seus poderes. A série começou à alguns anos na PS3, contando já com uma longa saga de sequelas e chega agora ao PC.

Este jogo é o remake do original, trazendo consigo uma série de melhorias na jogabilidade e no grafismo. A história passa-se num mundo onde as consolas e os fãs são divididos em nações, com cada consola sendo representada por uma deusa. O conceito apareceu durante a acesa guerra das consolas da geração anterior, portanto não é surpresa nenhuma que estas nações estejam em guerra.

ss_9612688cb838c01d3d894f8e4b6bf2b16170ae3f.600x338

Neptuno representa a sucessora que a Sega tinha na gaveta para a Dreamcast mas que nunca viu a luz do dia. No jogo todas as concorrentes, Sony, Nintendo e Microsoft tentam arruinar a Sega. Agora, é um adolescente com amnésia, e tenta recuperar a sua memória e os seus poder. O tom é muito leve e cómico como seria de esperar.

Este é um JRPG pensado e executado para rodar em consolas de última geração e mesmo com as melhorias continua a ter um aspeto um pouco datado. Isso vem com a boa notícia de que corre em quase todos os PCs que por aí andam e no mercado PC este género de jogos não abunda portanto são duas boas notícias. Depois há os clichés do género. A maioria da estória é contada através de caixas de diálogo, havendo poucas cutscenes.

ss_5c870de97ffeebc58ea69a5879324982737e1c58.600x338

Como é obvio este é um jogo para jogar com comando, foi pensado para isso mas funciona relativamente com rato e teclado. Para melhorar isso, o combate teve a mudança mais dramática, com o combate por turnos ainda a caracterizar a jogabilidade. A estratégia de posicionamento em tempo real de Neptunia 2 está presente, ao invés do combate original, tradicional.

O sistema de scouting foi removido, aparecendo agora o sistema remake de Re;birth2. Este não é um mau jogo, mas tem um baixo orçamento e não deixa de ser um jogo de nicho graças ao humor japonês muito sexual.

ss_522055f16fae92e9ec2d2a0554030c5dde6b4eca.600x338

Isso faz com que quem goste deste tipo de jogos o vá adquirir de qualquer forma e isso revela-se no preço. Mesmo sendo no fundo um jogo velho, está a 27.99€. O mercado PC não é igual ao das consolas e Hyperdimension Neptunia Re;Birth1 pode sofrer com isso.

Tiago Roque

Leave A Comment