Análise: As Cinquenta Sombras Mais Negras

Antes de começar esta análise é importante referir que não sou o publico alvo deste filme ou sequer do livro que lhe deu origem, no entanto isso não me impede de tentar fazer uma critica imparcial de um filme que quer queiramos ou não é um fenómeno de vendas.

Sem fazer intenções de julgar o material de origem, a realidade é que apesar de esta sequela ser melhor que o primeiro filme sofre de falhas graves em todas as dimensões de um filme. A história começa pouco depois do final do primeiro filme, com as duas personagens separadas e com Grey a tentar ter Anastacia de volta. Os problemas no guião começam aqui.

Durante o decorrer de todo o filme não existe um momento em que há sequer duvidas que estas duas personagens vão acabar juntas. Mesmo depois de qualquer argumento entre os dois as coisas resolvem-se na mesma cena. Não há drama ou conflito e o filme desenrola-se com uma estrutura que seria de esperar numa novela e não num filme. E estes pequenos conflitos são apesar de tudo o drama do filme.

Não existe realmente um arco final para onde a ação nos leva ou um vilão ou nada que se assemelhe ao verdadeiro conflito que é quase obrigatório num filme. Todo o filme vai saltando de cena em cena sem um real fio condutor. A personagem Christian Grey tem um acidente de helicóptero que é resolvido em poucos minutos com a personagem a entrar em cena quase como se nada tivesse acontecido. Além de nunca sequer colocarmos a hipótese de que estas personagens podem não ficar juntas, também rapidamente colocamos de lado a hipótese de que algo mau pode realmente acontecer.

É esta completa falta de consequências e esta estrutura estranha juntamente com a falta de química entre as personagens principais fazem deste filme uma visualização estranhada. Num filme deste género seria de esperar que pelo menos as cenas de sexo fossem memoráveis, mas mesmo essas não têm propriamente a melhor encenação ou coreografia que o cinema já ofereceu.

Ao não correr qualquer tipo de riscos, não apresentando qualquer tipo de surpresa ou conflito, As Cinquenta Sombras Mais Negras chega ao fim sem causar qualquer tipo de impacto. No final o filme apresenta-nos qual será o foco da ação no próximo filme, mas se há algo que aprendi nesta saga é que esse conflito provavelmente irá ser resolvido em poucos minutos num punhado de cenas.

Tiago Roque

Leave A Comment