Análise: Marvel’s Guardians of the Galaxy Episode 4 – Who Needs You

Guardians of the Galaxy da TellTale está muito perto de terminar a sua primeira temporada e como é natural com a TellTale está atingir o ponto alto da mesma. Este quarto episódio não avança muito a história. As personagens praticamente acabam no mesmo sitio onde começaram. Obviamente vou descrever o que se passou graças às minhas decisões no episódio anterior, no qual escolhi activar a Infinity Forge. Depois de o ter feito e ser atacado imediatamente por Hala os nossos heróis são atirados para um precipício que os coloca num sistema de cavernas no interior do planeta em que se encontram e todo o episódio é passado aqui.

Em termos narrativos o episódio resume-se às relações entre as personagens e no decorrer deste todos os problemas que vinham a acumular-se entre as personagens parecem vir ao de cima, mas acaba por ser novamente a relação entre Gamora e Nebula a ter o principal destaque. Este é sem duvida um episódio à parte, com um plano de fundo bastante original e que dá espaço às personagens para crescerem. Esta construção das personagens é bastante benéfica e eleva-as todas, especialmente Drax sobre o qual aprendemos mais neste episódio do que em qualquer um dos anteriores e até vou mais longe para dizer que aprendemos mais sobre ele aqui do que em qualquer um dos filmes destas personagens.

A parte final do episódio é talvez dos momentos mais divertidos mas também fortes emocionalmente de temporada. O episódio está aliás recheado de bons momentos, sejam eles simplesmente divertidos ou noutros casos tristes. Obviamente tudo isto pode ser diferente dependendo das escolhas dos jogadores e neste momento as escolhas dos jogadores são cada vez mais importantes. A TellTale foi aperfeiçoando a sua tecnologia e enquanto antes pouco impacto havia graças às escolhas dos jogadores, actualmente estas têm grandes repercussões nos episódios seguintes e até temporadas seguintes.

Tiago Roque

Leave A Comment