Análise: Razer Kraken 7.1 V2

Cada jogador procura algo diferente quando está a procura de uns headphones novos. Uns procuram melhor fidelidade de som, outros conforto, ou design e certamente haverá quem procure ainda outras coisas mais técnicas como potência e amplitude de som. Os novos Razer Kraken oferecem tudo isso é mais.
Aquiloque mais se destacou da primeira vez que lhes peguei foi a construção. Já utilizei headsets robustos mas nenhum deles assim. O que salta rapidamente a vista é a estrutura metálica com uma grossura considerável que torna todo headset uma besta robusta. Isto torná-lo também bastante pesado, o que normalmente se sente no conforto, mas surpreendentemente este headset é também um dos mais confortáveis que já utilizei graças à qualidade das almofadas tanto no topo da cabeça como nas orelhas. Surpreendentemente estas também não o tornam demasiado quem de usar, algo que acaba por acontecer quando se tem tanta almofada.
No que toca ao som não há muito a dizer. É bom, nada de surpreendente, mas bom. Vão sentir uma boa dose de graves e a ouvir música com uma boa qualidade vão ouvir todos os pormenores que uma boa música sem compressão tem para oferecer. Os graves são bons e o isolamento que a construção oferece faz com que soem ainda melhor. Não há nada que os Kraken ofereçam a jogar que não ofereçam a ouvir musica. Um dos poucos problemas que eu tenho com a Razer é o seu software, o Synapse é pesado e obtuso, mas os Kraken a não serem uns headphones USB não precisam de nada dessa complicação, não tendo qualquer tipo de problemas de conectividade.
A construção é um ponto forte dos Kraken, mas o design é o outro. O modelo que recebemos em preto é simplesmente soberbo, as almofadas, logos e forma tudo cria um pacote simplesmente excelente, com o microfone recolhido a ser quase invisível quando não é necessário. Com tantas escolhas no mercado, dependendo da cor escolhida os Kraken conseguem ir do mais discreto ao folclórico que abunda no hardware gaming e que pessoalmente não me agrada minimamente. Mas o design acaba por ser uma questão de gosto pessoal e a Razer consegue acertar em todas as componentes que não dependem de gosto pessoal.
Além da qualidade de construção ser robusta, desde os headphones em si a todos os cabos e controlo de volume no fio e o design que pessoalmente me agradou, a qualidade de som é fenomenal e o mais importante é que tudo somado e tido em consideração, o preço pedido é mais do que justo. O som em simples mas de boa qualidade. Não existe um baixo que sobressai ou algo desse género, mas toda uma boa gama que faz com que cumpram a sua função de forma excepcional. Existem produtos melhores no mercado, mais caros sim mas de longe melhores, mas nenhuns desses headphones que são sem duvida melhores é pensado para jogar nem é pensado para ter um microfone embutido por exemplo, portanto se for isso que procuram dificilmente encontram melhor do que os Kraken  7.1 V2 .

Tiago Roque

Leave A Comment