Análise: Unholy Heights

Satanás que é essencialmente a personagem principal decidiu ir no mercado imobiliário. Ele abriu um bloco de apartamentos no meio do nada, e tenta atrair monstros para vir morar neles, proporcionando melhor decoração. O conceito não faz muito sentido mas tem algum humor interessante. Não é divertido de ver o mundo, quando nada de interessante acontece e é assim que passamos maior parte do tempo.

Para expandir o seu bloco de apartamentos e atrair monstros mais poderosos , Satanás deve adquirir ouro de humanos , tentando saquear as riquezas de seu covil. O que menos faz sentido em Unholy Heights é que apesar de existir o potencial para uma história, ela nunca se concretiza. Existia tanto potencial aqui para algo do género de Disgaea com um humor muito único que a própria arte do jogo propõe, mas o jogo nunca concretiza essa possibilidade além de muito ocasionalmente.

Unholy_Heights_Artwork_1

Naturalmente, ter apenas o mais básico de uma história é bastante comum para jogos casuais como este, mas infelizmente Unholy Heights não tem o resto que normalmente está lá para equilibrar as coisas. As mecânicas de jogo não são boas o suficiente para contrair as falhas e continuar a atrair os jogadores. As lutas em que estamos envolvidos não têm um mínimo de profundidade, com os dois lados da batalha a simplesmente lançar ataques uns contra os outros.

O jogador precisa de considerar os tipos de monstro que permite a viver no seu apartamento também. Os monstros são extremamente racistas e não os podemos colocar ao lado dos monstros com que eles não se dão bem. Tendo monstros que vão morar juntos aumenta a quantidade de renda que podem receber de um único quarto, aumentando a sua satisfação. Além das missões da história, há uma grande variedade de missões secundárias que podemos completar.

maxresdefault

A história não é particularmente importante e é contada inteiramente através de descrições de busca , mas não se leva muito a sério, e como tudo no jogo é bastante encantador. A música no jogo é bastante cativante, mas não há muito disso. Unholy Heights é um jogo de tower defense que não se consegue destacar acima da média.

 

Tiago Roque

Leave A Comment