Análise: Nascar 14

O Nascar não é um tipo de corrida que me cative propriamente. Nem sequer é algo que tenha muita expressividade em Portugal. Os americanos podem achar o futebol aborrecido mas os desportos do outros lado do oceano parecem-me bem mais aborrecidos. Tentei uma vez ver a final do Super Bowl e não consegui perceber porquê é que o jogo estava constantemente a parar e sempre que tento ver um jogo da NBA acontece praticamente o mesmo.

Nascar parece sofrer dos mesmos problemas. É uma corrida longa, demasiado longa, que só se torna interessante quando há acidentes. A Eutechnyx provavelmente discorda de mim, assim como toda a gente que gosta de Nascar. E no fundo não se trata de criticar o tipo de corridas em geral mas sim a sua adaptação enquanto videojogo e nesse caso Nascar 14 é bastante competente. Vão notar tudo isto melhor caso tenham jogado algum dos jogos anteriores, especialmente no que toca à IA.

2416369-nascar14_screenshot06

 

Enquanto que nos jogos anteriores esta era bastante passiva, aqui é muito mais agressiva, lutando pela vitória até ao ultimo segundo.  Por vezes são até demasiado agressivos, roçando o irrealismo, pois tenho muitas duvidas que exista grande beneficio em ser agressivo no inicio da corrida. O modo carreira foi revisto relativamente à versão anterior. Agora irão correr uma temporada inteira, correndo e praticando para construir um carro de sonho e uma equipa que nos ajude a atingir o topo.

A dificuldade tem alguns problema de equilíbrio no inicio do jogo. O nosso carro inicial é demasiado fraco relativamente à concorrência, o que nos obriga a uma abordagem cuidadosa a estas corridas. No entanto à medida que vamos avançando tudo se torna mais fácil. Jogar online elimina os problemas da IA, mas não tem nem metade na complexidade. Não temos que nos preocupar com quase nada quando jogamos contra jogadores reais além da condução em si. Isto faz com que o jogo pareça bem mais arcada quando jogamos online. A IA não é o único problema de Nascar 14.

2416364-nascar14_screenshot01

 

Apesar de no que toca ao som ser muito bom até, com bons efeitos sonoros que dão uma boa noção de realismo, graficamente tem falhas. É um jogo com um aspecto datado quando comparamos a outros simuladores de condução. A própria física do jogo deixa a desejar, com carros a rodopiar ao mínimo toque por exemplo.

 

Tiago Roque

Leave A Comment