Análise: Franchise Hockey Manager 4

Football Manager já faz parte da cultura europeia há muito tempo, mas tal como o hóquei no gelo não é uma modalidade com muita popularidade aqui, também um dos poucos jogos de simulação desse desporto é completamente desconhecido, apesar de já ir no quarto lançamento. O mais importante a saber é que ele tem tudo o que há para ter num jogo do género. Tem todos os jogadores da NHL , todas as ligas de todo o mundo, todas as equipes e jogadores históricos e praticamente todas as estatísticas e detalhes que o jogador precisa. Realmente não há melhor comparação, este é o Football Manager do Hóquei.

As informações dos jogadores, até dos jovens jogadores, são tão detalhadas como realistas. Não tenho conhecimentos suficientes para debater as notas de cada jogador, portanto investiguei um pouco e com algumas excepções, os fãs parecem concordar com as notas dadas e tratando-se de um jogo desenvolvido por um estúdio pequeno, é realmente louvável o esforço.

No entanto, uma coisa que não se encontrará neste ou em qualquer outro jogo da OOTPD é fotos dos jogadores. Esta é no entanto uma limitação expectável dado o tamanho do estúdio. Pode-se no entanto facilmente encontrar as fotos on-line que apesar de serem bastante fáceis de adicionar ao jogo, tornam o arquivo do jogo bastante grande. Outra falha ou pelo menos omissão, é a falta de algum tipo de ajuda visual. Este tipo de jogos apenas recentemente começou a ter a ajuda de simulações em 3D e mesmo essas são realmente aborrecidas. No geral apenas vemos números e isso torna o jogo saturante em sessões mais longas.

Como em quase todos os jogos do género, o trabalho é feito antes dos jogos, portanto esta falha acaba por não ter qualquer impacto na jogabilidade. A maioria dos jogos do género tem-se debatido com formas de melhorar a jogabilidade durante os dias de jogo, mas nenhum teve grande sorte. Alguns apresentam simulações com grafismo decente, mas Franchise Hockey Manager 4 acaba por ser o parente mais pobre, com apenas alguns eventos de jogo em destaque que são difíceis de decifrar.

Esquecendo esta falha que acaba por não ser uma falha quando apenas grandes estúdios podem sequer pensar nesse tipo de mecânicas, Franchise Hockey Manager 4 tem uma boa interface, intuitiva e que tem toda a informação exactamente onde precisamos dela e informação não falta. Podemos construir qualquer equipa com qualquer tipo de pensamento como base. O realismo acaba por ser apenas QB também, o que torna o jogo bem mais divertido, possibilitando experimentação.

Acredito que Franchise Hockey Manager 4 não seja um jogo muito popular por estes lados, mas existem certamente fãs da modalidade em Portugal e se esta é a vossa praia, dificilmente encontrarão melhor.

Tiago Roque

Leave A Comment